Wander Sáh

Wander Sáh

EstiloMPB
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays23.513plays
Tamanho
Imprimir

O Ultimo Poema

Composição: Wander Sáh

O Poeta e a folha em branco Procurando inspiração Por mais frases que escrevesse Entre o concreto e o abstrato Entre a audácia e a timidez Adormeceu sobre suas rimas Quando um sonho assim se fez Mais perfeita simetria Bailarinas de cristal Compassando entre plumas Flutuavam reluzentes Vários anjos de vitral Lacrimejavam sobre telas Desenhando o anormal Mais perfeita sinfonia Villa Lobos a Reger Pavarótis e Carrêras, Plácidos Se acresciam a cada acorde A cada Tom, Jobins e seus Pianos negros maestravam uma canção O poeta então jazia No sonho que se perdeu O imortal então morria E levava suas rimas Gravadas no leito seu Seria o último poema Lido somente por Deus Seria o último poema Lido somente por Deus Seria o último poema Lido somente por Deus

970

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica