Imagem de capa de Yzalú

Yzalú

Cidade/EstadoSão Bernardo do Campo / SP
Plays829.693plays
Tamanho
Imprimir

Rainhas Da Noite (part. Gabi Nyarai, Cris Snj e Meg Pedrozzo)

Composição: Shirley Casa Verde, Yzalú, Gabi Nyarai, Meg Pedrozzo

Música: Rainhas da Noite Composição: Shirley Casa Verde / Yzalú / Gabi Nyarai / Meg Pedrozzo As luzes da cidade acendeu A noite vem me visitar Ô brisa Eu vou cantar Eu vou sonhar Me preparar Para lutar A noite é fera É singela Na viela perigo sinistro vixxxi Já rasguei meu vestido Correndo perigo Puts Grilo! São varias historias A noite me atrai Me leva para lugares sensacionais Já fui pro cais Marinheiro, Marinheira, Marinheiro só Vê a noite em alto mar e as estrelas ao seu redor E eu que sigo o fluxo rimando Dama da noite O amor verdadeiro inala perfume O vento nunca vai levar Sou coruja e faço o voo noturno, hey Rainhas da noite trabalham Salve, salve, vai que vai Vai que vaaaaai... Vai que vaaaaai... Eeee naturalmente esta noite Nós vamos curtir e nos reenergizar Agradecer por todas as nossas fases Boas ou ruins tente entender Tudo vai se resolver Necessário mesmo é sentir, yeh Hoje a lua tá cheia sai pra ver vem Descole uma grana, cole mais no show das manas Se pá ver o mar bem azul elegante Amanhecer com o sol no horizonte O mundão é imenso, tô ligada é tenso Ainda tem os coiso que quer as quadrada na mão De sete pra dez querem grilhão nos teus pés Com meta de dez pra dez e uns aí nem vendo Tamo na era do bilhão e ninguém vai impedir, Dá licença aqui que hoje eu vou curtir minha noite Paro na noite pra ouvir o silêncio Ouço os cachorro os gato no telhado Cheiro de maldade no ar exalando Nunca se sabe quem está do outro lado Taca mais uma dose no copo americano Bebido em território latino américa Corpos transitando se esbarrando na neblina Doses homeopáticas de raiva e cafeína, ê Tá custando caro viver na tranquilidade Entre augustas, paulistas vão perdendo a sanidade A estrela ninguém viu, a lua nem notou Cidade arranha céu, óleo diesel dos motor Não vá se emocionar querer ser malandrão As ruas aqui são selva e cê não é leão Parábolas da cidade que não deita pra dormir Trocando o dia pela noite, na profissão mc O corre é dobrado quando se sai lá do fundo Mas quem já viveu nas sombras, ta pronta pra luz do mundo Deixo a lua me dizer qual a melhor opção Nunca falaram que era fácil encontrar a direção Ouça os sussurros da sua intuição São seus ancestrais lhe garantindo proteção Me fortaleço em mim mesma Outrora em outras Pretas Escuras como a noite são minhas parceiras A lua move o meu ser Me ajuda a estabelecer Força interna inspiração Pra eu cantar e ser Mochila nas costas Saia pra fazer Rap Bebia ouvia Racionais Escrevia uma track Atenta com a violência da rua me lembro bem Quando o caderno me livrava de ser uma refém Da sul pra oeste corria Dos nazi eu fugia Na madruga fria Com a minha Systah eu ria Apesar do medo me tornei o que eu quis MC hoje todo mundo sabe quem é a Cris Tanto sufoco Valeu a pena e hoje meu dilema Quantos versos deixo escrito aqui nesse poema Ainda não chegou mais sei que vai chegar Meus pensamentos emanam conquistas da ponte pra cá; Que noite bela, pra gente fazer um som Tô com minhas parceiras fecho com elas de coração E a noite é tão sincera que fica fácil sentir tudo com emoção Em tudo que se espera Não tem segredo pro teu coração Me diz nome de quem partiu? Em noites frias ninguém se viu! É tempo de renascer e de fazer, brotar em canções de amor e celebrar a vida! Me diz quem sente, quem já sentiu Cantando em noites o céu se abriu Trocamos de energias Num céu celeste é que o tempo que gira A noite vai chegar iremos renovar um dom tão natural assim Vem das pegadas dos meus ancestrais que segui ate aquiii, ieee

2.842

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica