MIGUEL CARNEIRO

EstiloLocutores
Cidade/EstadoRiachão do Jacuípe / BA
Plays2.711plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesMIGUEL CARNEIRO e outros 15 ouvintes
Fã-clubebanda laço de caowboy o brilho das vaquejadas laço de caowboy o brilho das vaquejadas e outros 26 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Nasceu em Riachão do Jacuípe em 14 de Junho de 1957. Poeta, ficcionista e dramaturgo. Publicou, na França, com tradução do poeta Pedro Vianna MÊME SI MAMAN ME L?INTERDIT, J?Y ARRIVERAI, RECUEIL DE POÈMES DE MIGUEL CARNEIRO, Du Portugais En Français, 1976, ÉDITIONS MARACUJA-DÉVEZ, Paris, mai 1977.

Publicou os livros de poesia:
PELAS LUPAS DO JAGUARACAMBÉ E OUTROS POEMAS (1986),
OS CÂNTICOS (1993),
BOCA DO TEMPO (2002),
SETE CANTARES DE AMIGOS (Edições Arpoador, 2003).

Pela Editora do Brasil publicou o opúsculo infantil:
NO PAÍS DOS KIRIRIS (1991).

E os livros de contos:
ESCONSO E OUTRAS HISTÓRIAS (Selo Letras da Bahia, 1994),
O DIABO EM DESORDEM (Coleção Apoio, 1999),
O CORONEL JÁ NÃO MANDA MAIS NO TRECHO, Editora Nelpa, São Paulo, 2008).
TRANCELIM DOS INCRÉDULOS , Editora Virtualbooks, 2009. Estes dois últimos livros e outros inéditos em papel impresso podem ser baixados gratuitamente nos seguintes sítios: http://www. arquivors. com; http://www.jornaldepoesia.jor.br/miguelcarneiro.html
Inserido com verbete na página 438, volume I da Enciclopédia de Literatura Brasileira de Afrânio Coutinho e J. Galante de Sousa, Editora Global, São Paulo, 2001

Contrate

Home