TRIBO BRASIL

EstiloMPB
Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays35.755plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesLuiz Junior e outros 306 ouvintes
Fã-clubeNicole Wingester e outros 6 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Gabriel MacielVoz, Violão
Gabriel CabeloVoz, Percussão
Eduardo AressoVoz, Guitarra
Ver mais integrantes

Release

A Tribo Brasil é uma das bandas de maior atuação no atual cenário cultural porto-alegrense. Trazendo consigo uma poética inspirada no cenário urbano, com críticas sociais, crônicas do cotidiano e a preocupação com o meio ambiente. Com a proposta de pesquisa e prática da Música Popular Brasileira, toca ritmos genuinamente brasileiros como Samba, Baião, Frevo, Choro, Bossa Nova e Samba Rock.

As influências musicais da banda variam de canções do começo do século XX aos mais contemporâneos sons e movimentos musicais. Apresenta pegada pós-moderna, misturando a formação de “regional” (violão, cavaco, bandolim, surdo, pandeiro, tamborim) com a instrumentação do jazz e do rock (baixo elétrico, guitarra semi-acústica, bateria e congas).

Em parceria com o curso de Jornalismo do IPA, gravou a trilha sonora do documentário “Base”, premiado no Festival de Gramado de 2008 como melhor filme universitário brasileiro. Outra parceria foi feita com o curso de Áudio Visuais da Unisinos, resultando no videoclipe e single da música “Laiá Laiá”.

Em 2012 lançou o EP “Sorriso Banguela”, mixado e masterizado em Porto Alegre, o disco trouxe premiações ao grupo: a música “Sorriso Banguela” foi selecionada para a etapa regional do 4º Festival das Rádios Públicas do Brasil, promovido pela FM Cultura. Já o samba “Sereia Morena” participou do festival Coxilha Negra, de Butiá-RS, integrando o disco do evento. A terceira faixa do disco, “Cheiro de Mato”, ganhou videoclipe produzido pela Granada Filmes.

Em novembro de 2012, a Tribo Brasil levou seu show autoral para fora do país, participando do “5º Festival de Música Popular Brasileña”, em Montevidéu. Além da capital uruguaia, a Tribo circula com frequência pelos bares e teatros do interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

O grupo lançou em julho de 2014, o seu primeiro álbum autoral "Peixe Que Já Não Há". O disco tem recebido ótimas críticas em toda a mídia Porto-Alegrense, com forte inserção em jornais e rádios. Com programação de lançamento em diversas cidades do Brasil, o álbum promete "altos voos" em 2015. Em poucos dias a faixa “Cidade” é premiada com o melhor arranjo musical no Festival de Rádios Públicas do RS.

O álbum recebe ótimas críticas em blogs e rádios nacionais em cidades como Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.



Tribo Brasil is one of the most active bands in the current cultural scene in Porto Alegre. Brings along itself a lyricism inspired by the urban scene, social criticism and everyday life chronicles, as well as concerns with the environment. Interested in the research and practice of Música Popular Brasileira – MPB (Brazilian Popular Music), the band plays genuinely Brazilian rhythms such as Samba, Baião, Frevo, Choro, Bossa Nova and Samba Rock.
The band's musical influences are as diverse as early 20th century songs to most contemporary sounds and musical movements. Tribo presents a post-modern tinge, blending the regional-Brazilian (guitar, chip, mandolin, tambourines) with a fusion of jazzy and rock arrangements (electric bass, semi acoustic guitar, drums and congas).
In a partnership with the Journalism course from IPA, the band has recorded the soundtrack of the “Base” documentary, which has been awarded in 2008's Festival of Gramado as the best Brazilian college movie. Additionally, the “Laiá Laiá” single and music video has also been produced in a partnership with the audio visual course from Unisinos.
In the beginning of 2012, Tribo Brasil released the “Sorriso Banguela” EP, which was mixed and mastered in the Monostereo studio, in Porto Alegre. The album has been very successful and has been bringing awards for the band: the “Sorriso Banguela” song has been selected for the regional phase of the 4th Public Radio Festival of Brazil, promoted by FM Cultura. Moreover, the samba “Sereia Morena” has been a part of the Coxilha Negra Festival, from Butiá-RS and it is now a part of the compilation cd for the event. The third track from the album, “Cheiro de Mato”, has gotten a music video made by Granada Filmes.
In November of 2012, Tribo Brasil has taken their one of a kind concert outside the country, joining the 5th Brazilian Popular Music Festival in Montevideo. Besides playing in Uruguay's capital, Tribo is often travelling and touring around clubs and theaters from the countryside of Rio Grande do Sul, in cities like Bagé, Praia do Cassino – Rio Grande, Pelotas, Santa Maria, São Leopoldo and Santa Cruz do Sul.
The band is formed by Gabriel Maciel (guitar/vocals), Eduardo Aresso (guitar/vocals), Iuri Daniel Barbosa (bass), Vinicius Ferrão (chip/mandolin), Gabriel Cabelo (percussion/vocals), Lucas Dellazzana (drums) and João Carlos (trumpet).

Playlists relacionadas

Contrate

Home