Wagner Simão

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays277.250plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesRoque Gomes Miranda e outros 1.883 ouvintes
Fã-clubeXote Livre e outros 115 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Dario CorreiaBateria
Kleber PavannyPercussão
Flavio FranklinBacking Vocal
Ver mais integrantes

Release

O cantor brasiliense Wagner Simão, está com novos planos para 2017.

Musica de Trabalho "Ex é EX"


O Artista

O cantor Wagner Simão começou a cantar em reuniões antigas de família. Sua música favorita era “Pare”, da dupla Zezé di Camargo e Luciano. Autodidata, o músico aprendeu a tocar violão aos 12 anos. Na adolescência, Wagner foi roqueiro, tocou guitarra e, aos 14 anos, montou a primeira banda com amigos do colégio. O repertório do grupo era inspirado em bandas como CPM 22, Capital Inicial, Blink 182 e Green Day. Na época, Wagner começava a compor suas primeiras canções.
Aos 18 anos, o artista passou um ano morando em Sidney, na Austrália. Este foi um período de auto reflexão, antes de voltar para o Brasil e decidir os rumos de sua vida.
Wagner Simão, ao voltar da Austrália, ingressou no curso de direito e, também, nas aulas de canto com a professora Sara Mariano. Depois de um ano, o cantor gravou uma composição de sua autoria intitulada “Tão bonito e tão puro”, que traz uma pegada mais pop.
Em 2011, Wagner começou a fazer pequenos shows em barzinhos, com um amigo no Karron acompanhando sua voz e seu violão. Nesse projeto usava como nome artístico o apelido que o acompanhou desde pequeno, Waguito. O repertório era bem eclético, variando entre o Pop, Pop/Rock, MPB e Sertanejo, em que cantava desde Cazuza, Vanessa Rangel, Michel Buble, John Mayer, Adelle a Hugo Pena & Gabriel e Jorge & Matheus.
Nesta época, para Wagner, cantar era apenas um hobby. O músico continuou cursando a faculdade de direito e, na empresa da família, atuava nos serviços jurídico, financeiro e contábil. Mas, em 2012, houve o momento de escolher um foco para a carreira. Com mais shows na agenda, Wagner levava a música com seriedade e o trabalho também, porém um acabava atrapalhando o outro.
Foi quando ele decidiu se afastar dos negócios da família para se dedicar inteiramente a música. “A partir dessa data, comecei a viver música. Em pouco tempo, já sabia que eu queria viver isso, entrar de vez para música e fazer dela mais que um hobby. Fazer dela o meu trabalho e a minha vida”, lembra Wagner.
O cantor continuou com sua agenda de shows e, antes do fim de 2012, um amigo, Clayton Aguiar, apresentou o Maestro Pinocchio para Wagner, que ficou incubado em estúdios, ensaios e diversos treinamentos. Deu-se início a um trabalho com o produtor vocal Mozart, conhecido como Cumpadre no meio musical, que trouxe uma evolução muito grande para um trabalho que ainda está em andamento.
Em julho de 2013, toda a produção começou a divulgar pela internet a primeira música de trabalho de Wagner, intitulada “Desce” que está no primeiro CD do cantor. Seu 1º CD é composto de 14 músicas, sendo 2 regravações das canções “A gente se entrega” e “Arroz com pequi” e 12 músicas inéditas, das quais sete são composições próprias, incluindo a música de trabalho “Desce”.
Ainda em 2013, Wagner divulgou na internet o clipe da música “Desce”, que foi gravado no Rio de Janeiro com direção de Rafael Almeida e participação de Carolina Portaluppi, filha do ex-jogador e técnico Renato Gaúcho. O clipe conta com mais 1 milhão de visualizações no canal Youtube. A música entrou nas rádios do DF, MG e GO e vem sendo pedida até hoje.
Em 2014, o cantor lançou em seu website http://wagnersimao.com.br/ um CD ao vivo com 5 faixas inéditas “Fui”, “Você tempera eu como”, “Mulher do meu amigo”, “Fora do normal” e a música de trabalho “É hoje”, além da faixa bônus do seu último sucesso “Desce”, todas livres para download.
Wagner Simão e a banda Chiclete com Banana fizeram uma parceria e regravaram a música “Festeiro” totalmente repaginada, com uma pegada sertanejo misturada ao swing da banda baiana.
Wagner Simão já tocou nos principais eventos de Brasília como a Festa de aniversário de 54 anos de Brasília, Aniversário de Sobradinho, Aniversário de Ceilândia, Arraiá do Minas, Arraiá do Legis e Rodeio Show, em Goiás, além das principais casas de shows de Brasília como a Q5 Club, Villa Mix, Capella, Reveillon da Esplanada dos Ministerios e outras. O cantor também já fez abertura de shows de grandes artistas como Zezé Di Camargo & Luciano, Michel Teló, Matheus e Kauan, Leonardo e Cristiano Araújo.

Playlists relacionadas

Home