Imagem de capa de Yasmim Silveira
Yasmim Silveira

Yasmim Silveira

EstiloPop
Cidade/EstadoResende / RJ
Plays10.812plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesRicardo Galhardo e outros 607 ouvintes
Ricardo  GalhardoRicardo  GalhardoRicardo  GalhardoRicardo  GalhardoRicardo  Galhardo
Fã-clubeCleiderson Orleans (Clay) e outros 14 fãs
Cleiderson Orleans (Clay)Cleiderson Orleans (Clay)Cleiderson Orleans (Clay)Cleiderson Orleans (Clay)Cleiderson Orleans (Clay)

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Yasmim SilveiraYasmim SilveiraUkulele, Voz, Violão

Release

Yasmim Silveira começou sua carreira aos 9 anos de idade, ingressando para o mundo dos musicais infantis. Aos 12 anos, escreveu sua primeira música dedicada ao irmão. Desde então, não parou mais! Começou a se expressar através de suas composições, passando a chama-las de sentimentos. Atualmente, aos 17 anos e dona de um acervo de dezenas de composições próprias (letra e melodia), acumula participações em festivais de autorais e musicais, conquistando importantes premiações, além de se sempre estar presente em rádio e televisão locais. Acaba de fechar contrato com a Sun7 Label, onde potencializará seus próximos lançamentos, dando suporte para planos de marketing/mídia e guiando para as melhores, buscando crescimento de sua exposição e sua base de fãs. Apesar de jovem, tem bons números em suas redes sociais com alto engajamento, o que ajuda a propagar bem todos os projetos em que se envolve. Suas influências são baseadas nessa “nova MPB” como Anavitoria, Melim, Tiago Iorque, Lagum entre outros da mesma “prateleira”. Está gravando um total de 10 faixas que serão lançadas a cada 28-35 dias após o lançamento do primeiro single.

PRÓXIMO LANÇAMENTO

Em julho, a artista lança o single“Talvez Amanhã”, que se enquadra na Nova MPB voltada para o novo pop MPB brasileiro, com uma leve pitada de pop rock para dar mais dinâmica (e originalidade) ao som. Na letra, Yasmim aborda a ideia de um amor impossível, proibido, improvável (naquele momento), mas que possa ser possível em um futuro próximo ou quem sabe em uma outra vida, com um final no qual o “Eu lírico” se consola, encarando a realidade e entregando a esperança de estarem juntos ao futuro, uma vez que no presente é certo de ser impossível. Com vocais leves e potentes (grande característica da cantora), certamente agradará públicos que gostam de artistas como Anavitoria e Melim.

Playlists relacionadas