Imagem de capa de Cristal
Cristal

Cristal

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays4.784plays
Tamanho
Imprimir

Kawo

Composição: Cristal.
Taal! Kaô, kaô, kaô Kaô Kabecilê! (Quem é Rei da pedreira é Xangô) Eu tô vivendo entre a mira e a sina Eu tô vivendo bem na mira da sina, vida Evitando assinar o que me assassina Minha mente domina entre sonhos e notas Na corda bamba sobre um mar pedras Eu tô seguindo como se eu andasse em linha reta Mas quando eu me jogar, ou sequer deslizar Esse é o meu começo ou fim? Eu nunca aprendi a nadar Vivendo com adrenalina Fazendo planos pra um milênio E o amanhã quem cria? É sempre fácil quando pensa, mas tirar da cabeça Os planos rumos metas Quem vai mexer suas pernas por você? Não tem por você! Aprendi que o que se doa não volta por isso tenha de sobra Pra não fazer falta E sempre faz falta Seu bolso vazio sua mente fraca E o que adiantou nada? Quem recebeu tá igual É uma ilusão de karma. E não me leve a mal, Quer fazer o bem então faça Mas feche o peito e abre olho Porque nem todos estão dispostos a fazer o mesmo bem para você Não tem pra você! Espere nada prefira se surpreender Não sinta que você deve algo Se deve pague logo Se quer dizer, então diga logo! Viver uma vida de culpas, viver de trocas injustas Vai te ausentar da realidade, e te fazer achar que merece a mágoa Eles nem vão sentir tua falta Tudo que eu andei até aqui, eu fui descalço Tudo que eu comprei até aqui nem sei se vale Tudo que eu chorei até aqui nem sei se sabe todos que me apunhalaram peço que me livre Desabafar em linhas sempre tem um preço certo Suas músicas agora andam sendo mais complexas É pra que cê amadureça Eu sei, eu soube Também não queira viver somente em clima de festa Precisa manter são o que tem dentro da cabeça Tu me pede a verdade mas será que cê aguenta? Preciso que esteja pronta! Eu nunca fui de prometer, mas vão pagar com a língua Melhor manter ela guardada que o machado desce E já fique sabendo que não engulo mais mentiras Toma coragem pra verdade, acho que é assim que cresce Eu não quero mais ser perfeita, eu quero ser só eu Eu quero fazer o que eu posso, sem que digam ''amém'' Eu me livrei do meu rancor mas não vou ser passiva Eu vou plantar o meu amor onde eu sinto que cresce Não vou deixar no meu quintal criar ervas daninhas Melhor guardar suas mentiras que o machado desce Eu tô plantando o meu amor onde eu sinto que vinga Eu fiz as pazes com a dor, acho que é assim que cresce Tudo que eu andei até aqui, eu fui descalço Tudo que eu comprei até aqui nem sei se vale Tudo que eu chorei até aqui nem sei se sabe Todos que me apunhalaram peço que me livre

1.135

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica