Imagem de capa de Acróstica

Acróstica

Cidade/EstadoDiadema / SP
Plays3.198plays

Música em destaque

Cruzando O Limite Da Insanidade
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintes e outros 413 ouvintes
Fã-clubeMETRALHAS DO FLUXOS e outros 24 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Joel GomesJoel GomesProgramações, Guitarra
Imagem de Carlos SilvaCarlos SilvaVoz
Imagem de Anderson SouzaAnderson SouzaVoz, Baixo
Ver mais integrantes

Release

Com influências de deathcore, thrash, progressive, power metal e música sinfônica, a banda Acróstica é formada por remanescentes e integrantes de bandas da região de Diadema e São Paulo (SP). A banda propõe uma ligação entre a música e a parte lírica através de letras sobre problemas sociais, contradições morais, crueldade e esperança.
O nome 'Acróstica' se origina do termo 'acróstico', que é uma forma de se escrever poemas onde cada letra de uma palavra ou frase forma um dos versos, e essa é a mecânica das letras das músicas.

Histórico
A idéia de um projeto chamado ‘Acróstica’ nasceu de Joel Gomes (guitarrista), e originalmente seria apenas um álbum para a sua banda já existente, a Quasarmonica. Com o fim da banda no meio de 2013, as composições desse álbum foram engavetadas e Joel se uniu a alguns amigos para colocar em prática algumas idéias que já tinham discutido anteriormente.
As primeiras composições foram feitas por Joel, Antônio Ernando (ex tecladista da Quasarmonica) e Vinicius Souza (baterista) no segundo semestre de 2013, logo após o fim oficial da Quasarmonica, com uma sonoridade que misturava metalcore e metal sinfônico, e essas composições ficaram por muito tempo apenas nos computadores dos três. Com a decisão de ir ao estúdio ensaiar essas músicas e alguns covers, Anderson Souza (primo de Vinicius) se juntou ao grupo para tocar baixo, e alguns ensaios instrumentais foram realizados com essa formação entre o começo e o meio de 2014. No meio de 2014 a banda decidiu buscar um vocalista, e após alguns testes com alguns amigos e conhecidos dos membros, Carlos Henrique entrou como vocalista oficial no meio do ano.
Até o momento, ‘Acróstica’ era tratada apenas como um projeto experimental, para aprendizagem de produção e sem compromissos formais de uma banda, mas com a confirmação de um show de estréia no fim de 2014 e uma formação sólida e engajada, a banda se firmou de fato.
O primeiro show ocorreu no dia 6 de dezembro de 2014, no evento Rock Solidário, na Casa da Música de Diadema, com a banda Acróstica abrindo o evento.

A banda se manteve em uma agenda de shows relativamente ativa entre 2015 e 2016, enquanto paralelamente realizava gravações esporádicas do novo álbum e terminava as composições do mesmo. Nesse período também entrou para a banda Henrique Sousa na guitarra, junto a Joel. O evento mais notável dentre os realizados nesse período foi o Ferol Diadema, no Teatro Clara Nunes, no dia 27 de setembro de 2015.

Com um último show realizado na metade de 2016, a banda deu uma pausa em todas as atividades, retomando as gravações do álbum na metade de 2017, de forma independente e autônoma. Também nesse período, Henrique saiu da banda por motivos pessoais.
Na metade de 2019 realizou dois shows no dia mundial do rock (13 de julho), sendo esses no Projeto + Rock SP (no Centro de Culturas Negras, em Jabaquara, junto com Dr Sin e bandas da região) e no Dia Mundial do Rock (no D Studio, em Diadema).

No dia 25 de janeiro de 2020 lançou seu álbum de estréia, o ‘Discórdia’, com 9 faixas e uma duração de 59 minutos.

Playlists relacionadas