Alana Ramalho

Alana Ramalho

EstiloGospel
Cidade/EstadoCabo Frio / RJ
Plays25.428plays
Tamanho
Imprimir

Carta de Amor

Composição: Alana Ramalho

Se todas as cartas de amor são ridículas Sou ou não sou, sou ou não sou ridícula ieah uh Ser ou não ser, ser ou não ser ridícula eah Ler, escrever, nanananananannaa Pensamento vaai Nanaananannananana Se a liberdade vale a pena Ou se a vida é pequena, me diz Se a criança não verá país como este Imita na grandeza a terra em que nasceste Drom, deridom drom, derideridom... Porta de madeira morta Paredes escutam Sinestesia entre outras formas de expressão A minha mão, meu pensamento, meu sentimento, minha canção Dizer, o que dizer? Viver, o que viver? Dizer o que viver? Palavra que disfarça Palavra que passa Mas a Palavra de Deus não passará Não, nã, nã, não.... Se a liberdade vale a pena Ou se a vida é pequena me diz Ei, o Amor é o Dom supremo E vale a pena viver Pois o verbo se fez carne e habitou entre nós Por amor se entregou Tudo formou pela palavra Palavra que disfarça Palavra que passa Mas a Palavra de Deus não passará Não, nã, nã, não.... Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz Mais penetrante que uma espada afiada de dois gumes Ela é apta pra dividir alma e espírito, juntas e medulas E discernir os pensamentos e intenções do coração... Palavra que disfarça Palavra que passa Mas a Palavra de Deus não passará Não, não, não, não.... Se todas as cartas de amor são ridículas Então eu sou ridícula Porque sou carta viva do amor de Deus!

1.644

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica