Alexandre Saad

EstiloRegional
Cidade/EstadoUberaba / MG
Plays1.056plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesGuilherme V. A. Alves e outros 3 ouvintes
Fã-clube e outros 0 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Alexandre Augusto Fernandes Saad, nasceu em Uberaba-MG, em 08 de dezembro de 1961. Desde os 09 anos já tocava violão tendo sido registrado nessa época a sua primeira composição, em parceria musical com um amigo de escola: a obra intitulada “Espuma” (samba-canção). Consta também que ao concluir o curso primário foi convidado a ser o orador da turma expondo todo seu discurso em versos sem intervenção de adultos. Desde então participou de movimentos culturais e festivais musicais da região.
Saiu de sua cidade natal aos 21 anos, após formar-se em odontologia para residir em Guarulhos-SP cidade vizinha a capital paulista, onde em 1986 gravou por vez primeira. Em 1990 mudou-se para Campo Grande-MS onde as influências musicais daquela região, definiram seu estilo musical atual. Voltou a participar em eventos, sagrando-se campeão em um festival estadual produzido pela Rede MATOGROSSENSE de Televisão (Globo).
Em 1996 voltou a gravar, desta vez o cd MINAS PANTANAL, com um trabalho totalmente autoral.
Em 1999, retornou a Uberaba e fortaleceu sua atuação artística e musical com a criação de um programa cultural na Televisão Local (TV UNIVERSITÁRIA - Rede Minas) chamado OFICINA DE ARTES NA TV, cujo objetivo era a divulgação das diversas expressões culturais brasileiras, permanecendo no ar por 4 anos ininterruptos. Em 2005 migrou para a cidade vizinha de Uberlândia-MG com outro programa no mesmo estilo denominado RETIRO BRASILEIRO, na TV PARANAÍBA (REDE RECORD).
Em 2006 foi contratado para apresentar ao vivo, via satélite, o programa diário ACORDA BRASIL, com variedades, entrevistas, cultura e agro-negócio no canal TERRA VIVA (Rede Bandeirantes).
Fluente nas composições e instrumentista de viola, já em sua terra natal se envolve com a autentica música raiz brasileira, sofrendo influências de poetas e artistas como Tião Carreiro, Silveira e Silveirinha e Goiá. A música regional brasileira com artistas do talento de Almir Sater, Renato Teixeira, Paulo Simões, Sérgio Reis, entre outros., também influenciaram seu estilo atual. Fixando sua vocação de músico caipira dedicado ao instrumento, buscou sempre trabalhar tentando sintetizar o desejo de se reproduzir a música que se ouve no toque de sua viola. Sendo assim seu trabalho se mescla o autoral e o interprete, percorrendo com seu instrumento entre vários estilos, desde o sertanejo de raiz até o clássico com peças de Raul Torres, Angelino de Oliveira, Antenógens Silva, passando ainda pelo samba, chorinho e acrescentando inclusive temas clássicos de Mozart, Beethoven, Bach e Villa Lobos.
A pesquisa e posterior composição de músicas regionais e folclóricas facilitaram o caminho neste ano de 2008, como apresentador dos 50 anos do “Festival de Folias de Reis” de Uberaba e região.
Conta com uma série de composições gravadas por artistas mineiros, sul mato-grossenses e paulistas. Sua última produção é o álbum de sua autoria denominado “EU E MEU IRMÃO”
Tendo percorrido com apresentador de shows, eventos musicais e culturais por muitos palcos em Uberaba e região, se destacaram alguns como ser: 2º Encontro de Violeiro de Uberlândia em 2005, Encontro de Viola e Catira em Uberaba, lançamento da obra “Catira a poesia do Sertão” de Gilberto Resende em 2005, 4º Encontro de Violeiros de Uberlândia em 2007. Acumulou a apresentação do programa TV do Berro em cadeia nacional, via Satélite pelo canal Terra Viva-Rede Bandeirantes de Televisão, direção e coordenação da Sociedade Educadora Osvaldo Cruz, com Curso e E. M. Em 2010. produziu pela Guti Produções, o MEMORIAL GOIÁ, um produto realizado através da Lei Rouanet com um kit de 03 produtos culturais, (CD, DVD E SONGBOOK) sobre a obra do compositor Gerson Coutinho da Silva, o Goiá da cidade mineira de Coromandel. Este projeto rendeu uma turnê com o show MEMORIAL GOIÁ - O POETA AINDA VIVE, com Alexandre Saad e Banda Cheiro de Mato em 10 cidades. Em 2011 assumiu a comunicação da fundação UNESCO HIDROEX, migrando seis meses depois, para a Vice-Presidência da fundação, onde manteve contato com a UNESCO e suas diretrizes para cultura e Educação.
Alexandre Saad representando a região do Triângulo Mineiro no estado de Minas Gerais, conhecida como Mesopotâmia brasileira, defende suas raízes, canta as suas águas e dirige seu trabalho com temas ambientais, sendo considerado um dos talentos desse gênero musical caipira onde a viola e a poesia, compõe uma nova música regional do Brasil. Seu último trabalho foi a produção do documentário MINHA TERRA, MINHA HISTÓRIA, onde o artista viaja pela ocupação espacial do Triângulo Mineiro em um documentário.

Playlists relacionadas

Contrate

Elza

(34) 3312 - 5312 | (34) 9960 - 6542http://www.gutiproducoes.com.br/
Home