Imagem de capa de AnganT

AnganT

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays3.432plays
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintes e outros 736 ouvintes
Fã-clubeMarjorygularte12 e outros 15 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de WilliWilliVoz, Baixo
Imagem de SamuelSamuelBateria
Imagem de HigorHigorGuitarra

Release

AnganT
(História)
A banda AnganT tem seu embrião na cidade de São Bernardo do Campo/SP, em julho de 2013 quando Valtão (guitarra) se junta a alguns amigos para tocar covers de bandas de metal como Black Sabbath, Judas Priest, Metallica, entre outros. Nessa época surge o primeiro nome da banda: S.O.B.O. – Senses of Black Owl – criado a partir de um trabalho de escola das filhas de Valtão, esse nome duraria até o início de 2018.
A Coruja é adotada como “mascote” da banda, o que se mantém até hoje. Sem muito compromisso, os então integrantes da banda iam saindo e outros assumindo, mas a vontade de fazer algo mais criativo e expressivo rondava a mente de Valtão, até que em uma das formações iniciais, Valtão e mais dois integrantes resolvem optar por um caminho autoral, colocando covers em segundo plano. Nesse divisor de águas, alguns integrantes da banda resolvem sair, ficando a formação com apenas dois guitarristas e um vocalista. Surgem as primeiras composições e riff´s de guitarras autorais. As buscas por novos integrantes continuam e, no mês de outubro de 2014, o baterista Samuel entra para a banda, também buscando sons autorais. Assim, com a formação como quarteto (vocal, guitarra, baixo e bateria), a banda faz uma apresentação “ao vivo” no final daquele ano de 2014.
No início de 2015, a banda busca reformulação para agregar mais uma guitarra ao som da banda e a busca por um novo baixista e um vocalista, já que o baixista anterior assumira então uma das guitarras. Assim, em junho de 2015, Willi entra para a AnganT (ali ainda chamada de SOBO), assumindo os vocais e o baixo, fixando uma das formações que se dedicaram integralmente ao som autoral, com Valter (guitarra), Samuel (Bateria), Willi (baixo e lead vocal) e Madá (guitarra). Com todo o foco do trabalho em sons autorais, a banda se afasta da possibilidade de shows com cover´s e se dedica a horas semanais de estúdio para composição e desenvolvimento de sons autorais. No início do ano de 2017, sai da banda mais um integrante e, depois de vários testes infrutíferos com outros guitarristas, a banda decide seguir caminho como um trio (Valter – Guitarra, Samuel – Bateria e Willi – baixo e voz) e as composições começam a ser reformuladas para execução no formato “power trio”, com a elaboração de alguns registros caseiros de gravações, buscavam dar continuidade ao já extenso trabalho, mas, em verdade, nenhum dos três estava satisfeito com aquela formação (trio), uma vez que a banda sempre foi pensada para duas guitarras. Para a surpresa do trio, no mês de agosto de 2017, recebem o contato de um guitarrista que viu um anúncio feito meses antes na Revista “Roadie Crew” (Revista especializada em Classic Rock e Metal) e depois de um único ensaio, Higor entra para a banda.
A simbiose com Higor foi tamanha que logo se comentava que parecia que ele estava a muito tempo com a banda. Assim, se completa a formação atual e com maior simbiose da banda: Willi – baixo e lead vocal, Valtão – guitarra e backing vocal, Higor – guitarra e backing vocal e Samuel – bateria e backing vocal. Higor chega à banda com a mesma pegada e energia de Valtão, Samuel e Willi e os trabalhos para trazer as composições à forma de quarteto, com arranjos para duas guitarras, são retomados e, finalmente, no mês de junho de 2018, começam as sessões de gravação do primeiro EP da banda AnganT, intitulado“Deep and Far”com previsão de lançamento para o final de agosto e início de setembro de 2018.
Como sinal de virada e retomada de uma nova e promissora caminhada, o quarteto resolve mudar o nome da banda e, depois de uma lista enorme de nomes, é escolhido o nome AnganT, nome em latim que significa “causar dor, sofrimento”, mas que, para a banda, significa o marco de uma etapa de concretização de muito trabalho, mesmo que tudo que passaram até este momento tenha causado muito “sofrimento”, mas nunca desistiram de fazer um som autoral e verdadeiro.
02-nov-2019 Valtão faz seu último show pela AnganT que agora segue como um “power trio”.
A “Coruja” continua seu voo noturno … e a história segue … agora com vocês juntos …

Playlists relacionadas