BELA

BELA

EstiloPop
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays1.401plays

Comunidade

OuvintesGerlany Gerlany e outros 125 ouvintes
Gerlany GerlanyGerlany GerlanyGerlany GerlanyGerlany GerlanyGerlany Gerlany
Fã-clube e outros -1 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

A cantora e compositora BELA tem uma voz encantadora, com delicadeza, mas capaz de arrebatar com força o ouvinte. Ela escreve versos com densidade poética, e ainda apresenta um trabalho com rara combinação de beleza, sensibilidade e simplicidade.

Mas há muito mais a ser descoberto. Em seu terceiro single, BELA constrói um pouco mais a identidade musical que busca como um desafio pessoal: ser uma artista de folk pop que consiga reunir o melhor de dois mundos, bebendo na fonte de artistas gringos do gênero, mas injetando uma brasilidade, num resultado forte e incomum.

Largou um emprego em agência de publicidade para estudar no BIMM (The British and Irish Modern Music Institute), em Londres. Criança ligada às artes numa família de mãe fotógrafa e tia escritora, BELA se formou em Comunicação na PUC-RJ, mas depois de trabalhar numa agência por três anos percebeu que aquilo era agradável, mas não seria algo capaz de preencher sua vida.

Formada em balé clássico, a música já a acompanhava havia muito tempo, com aulas de canto, participação nos corais da escola e estudos para atuar em musicais. Mas a fagulha que acendeu a vontade de realmente se jogar na música veio pela primeira vez no Lollapalooza de 2016, ao assistir aos shows de Mumford and Sons e Of Monsters and Men.

“Nem eu consigo muito dizer de onde vem essa ligação com o folk. É um estilo que me toca muito, desde a primeira vez que eu vi o Mumford and Sons ao vivo. Depois, ganhei na agência ingressos para o show de Anavitória e fiquei maravilhada. Tinha um medinho de seguir para música quando era mais nova, mas, em 2019, eu quis fazer essa transição profissional”, recorda.

Ela aprendeu muita coisa em sua vida londrina, muito além das salas da faculdade. Tocou na rua, fez shows, até num lugar onde Ed Sheeran se apresentou, o que conta com entusiasmo de fã devotada. Por conta da pandemia e do lockdown, voltou para o Rio. Mas sem qualquer frustração, porque sente dentro dela um chamado forte para conduzir sua carreira no Brasil.

Embora dedique muita transpiração ao ato de compor, sente que as canções estão vagando por aí, e às vezes tem a sensação de ser atravessada pela inspiração. A vontade de levar sentimentos ao papel é forte. Ela se define como uma pessoa observadora. “Não sou falastrona”, diz, rindo. Gosta de notar as coisas não tão aparentes e escrever sobre elas.

Ela domina também o violão e o banjolele, “um banjo pequenininho”, espécie de "parente" do havaiano ukelele. Já gravou em grandes estúdios nacionais e internacionais, como o Soho Sonic Studio, aonde artistas como Keane, Leona Lewis e Diplo já gravaram.

Se prepara para lançar seu primeiro EP, Ecoar, produzido por Juliano Cortuah, nome que já produziu artistas como Sandy, OutroEu e Ana Vilela. “Quero muito dar mais voz ao folk/mpb no Brasil!” Eis aqui BELA, artista com uma missão.

Instagram: @isabelazaremba
Youtube: youtube.com/belazaremba
Spotify: https://open.spotify.com/artist/1XNWCQloQmkFXfXAurkbZz?si=t1Zc j5a9RGS74S5UywF7yA&dl_branch=1

Playlists relacionadas