BITGABOOTT

BITGABOOTT

EstiloSamba
Cidade/EstadoSalvador / BA
Plays30.181plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesAsllan Wagner e outros 26 ouvintes
Asllan WagnerAsllan WagnerAsllan WagnerAsllan WagnerAsllan Wagner
Fã-clubeSelma Elias dos Santos e outros 28 fãs
Selma Elias dos SantosSelma Elias dos SantosSelma Elias dos SantosSelma Elias dos SantosSelma Elias dos Santos

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Marcos BezerraMarcos BezerraViolão
Imagem de Léo Bit-BitLéo Bit-BitVoz
Imagem de NagôNagôPercussão
Ver mais integrantes

Release

Léo Bit Bit e Booghan Gaboott ou, simplesmente, Bitgaboott. Este é o nome dos irmãos que, desde 2006, vêm lotando de fãs um estreito corredor do bairro Candeal, em Salvador. Seis mil pessoas foi o número de público contabilizado no último ensaio da dupla no ano passado.

O sucesso tem uma explicação simples. ?Apenas o ?boca-boca?. O pessoal vem, gosta e traz os amigos?, explicam Bit e Booghan, que além de vocalistas são percussionistas da banda. O CD Canto dos Vizinhos, com lançamento previsto para 2008, de tão solicitado foi divulgado antes de a versão final estar pronta. ?O público pediu muito, então, gravamos algumas canções para atendê-los?, diz Bitgaboott.

O ritmo é dançante, uma mistura de estilos que resultou numa experiência diferente e que garante, vai surpreender o grande público. ?Chamamos de samba-rock percussivo?, explicam. As letras falam de amor e do cotidiano. As músicas de Bitgaboott são do tipo que basta ouvir uma vez para sair cantando. Os ensaios não negam. Uma multidão organizada canta em coro e improvisa coreografias. De tão bom, o pequeno espaço utilizado por Bitgaboott parece passar despercebido pelas pessoas ? que, contagiadas pela energia, se misturam em idade, raça e estilos.

Musicalidade - Compositores, Bitgaboott apresenta um repertório próprio nos shows. Entre as canções estão Tempero Verde, Chapéu, Balakbak, Azul do Mar, Boca de fogão, Mãe Yabá, Noite enluarada e Não tem segredo ? as canções também compõem o CD Canto dos Vizinhos, com 10 faixas. Segundo Bit, as inspirações vêm do amor e de fatos corriqueiros do dia-a-dia, como a letra utilizada na canção Tempero Verde.


As letras da família Bitgaboott também ficaram conhecidas nas vozes de celebridades do axé. A musa baiana Ivete Sangalo gravou três composições: De ladinho (participação de Gustavo D?Dalva), Beat beleza - canção que deu nome ao seu disco (uma parceria com Rubens Tavares), e Quer que eu vá (participação de Juliana e João Paulo). e a mais nova Balakbak no Dvd pode entra A Timbalada gravou Cordão de bloco e Suando a camisa, enquanto Margareth Menezes ficou com Miragem na esquina (Esquisito e Tan Duque). Já a cantora Daúde, emprestou a voz à composição Casa Caiada.

Além das suas próprias criações, Bitgaboott relembra em seus shows sucessos de grandes artistas, mas de um jeito diferente. As canções ganham uma nova sonoridade com arranjos que traduzem o estilo próprio da banda. O resultado o público aprova. ?Damos um outro corpo à música, uma nova referência. Interpretamos estas canções de acordo com o nosso contexto e a galera costuma gostar?, ressaltam.

Nos shows a dupla canta músicas de Gilberto Gil, do cantor carioca Bebeto, de Gonzaguinha, Lulu Santos, Chiclete com Banana, Gerônimo, Alceu Valença, Asa de Águia, Luis Caldas, Paralamas do Sucesso, Cidade Negra, Fábio Júnior, entre outras bandas e artistas. Acompanham Bitgaboott os músicos Rick Gaboott, Luciano e Juninho F ? na percussão; Marquinhos Bezerra e Valnei Souza, no violão; e Manchinha, no trombone.

Trajetória ? Com apenas dois anos de carreira, Bitgaboott já tem uma trajetória de colocar inveja. Em 2007, uma oportunidade única obrigou os irmãos a suspender os ensaios no Candeal por alguns meses. O convite de representar a nova geração da música brasileira em um espetáculo que envolveu vários artistas surgiu de repente e, ao lado de ícones baianos como Riachão, Raimundo Sodré, Bule-bule e Matheus Aleluia, a família Bitgaboott seguiu para a Europa - onde participou do evento Born to Samba e fez apresentações em importantes Teatros como o Fliegenden Bauten, em Hamburgo,e Deutschen theater em Munchen além de terem se tornado assunto de jornais e revistas locais. ?Tivemos uma ótima aceitação do público, a galera vibrava?, surpreendem-se.

Mas essa não foi a única viagem da carreira de Bit e Booghan. Antes de formarem o Bitgaboott, os irmãos foram percussionistas de Carlinhos Brown, ainda crianças. Com ele, seguiram pelo mundo e participaram de grandes festivais. A experiência lhes rendeu a oportunidade de tocar com Caetano
Veloso, Carlos Santana, Gilberto Gil, Marisa Monte, Daniela Mercury, Paralamas do Sucesso, Sérgio Mendes, Kássia Eller, Simone, Gal Costa, Ivete Sangalo, Leila Pinheiro, Lorenzzo Jovanotti, Rick Martin, entre outros grandes nomes. Com alguns deles, gravaram discos - alguns premiados com o grammy de música, como Livro Vivo (2000), de Caetano Veloso, e Carlito Marrom (2004), de Carlinhos Brown.

A história dos irmãos se estende ao cinema. Booghan participou da composição e trilha da música Duendes, tema do filme da Xuxa que leva o mesmo título. No longa Cidade Baixa, também compôs a trilha como percussionista. Ao lado de Bit, aparece no famoso Velocidade Máxima 2.




E fique ligado!

Saiba mais sobre o Bitgaboott através do endereço www.bitgaboott.com.br. Lá você tem acesso a mais informações dos artistas, confere as músicas, galeria de fotos, fica por dentro da agenda de shows e últimas novidades. Não perca tempo, acesse agora e faça parte desta família.


Playlists relacionadas

Contrate

Boghan

(71) 9228 - 2678 | (71) 8803 - 3900http://www.bitgaboott.com.br/ www.myspace.com/bitgaboott