Grupo Bom Gosto

EstiloPagode
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays1.146.250plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesIuri Jardim e outros 638 ouvintes
Fã-clubeYasmin Yone e outros 64 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Fábio BeçaPandeiro
Adriano RibeiroBanjo
Mug AragãoCavaquinho
Ver mais integrantes

Release

Existe reunião musical mais democrática que uma roda de samba? Pessoas que cantam e dançam em torno de músicos, que tocam instrumentos e também se divertem. Ideia simples e grandiosa, berço de grandes nomes do gênero e palco de encontros memoráveis. Roda de Samba é mais que um evento, é lugar onde os sambistas sentem-se à vontade, um estado de espírito.

Assim, há 15 anos, nasceu o Bom Gosto: numa roda, junto e misturado com o público. Foi batizado no samba, sob a benção de quem entende do assunto, o Grupo Fundo de Quintal. Cresceu fruto dessa energia. Amadureceu dentro da roda de samba e através dela foi projetado para além do Rio de Janeiro. O Grupo Bom Gosto rodou o mundo, mas sua essência continua na mesma fonte de água puríssima.

“Estamos de volta ao nosso ‘quintal’. Quando começamos, a maior ambição era que nossa Roda de Samba ficasse conhecida na nossa região, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Um local onde pudéssemos tocar o que a gente quisesse e o povo pudesse cantar o que quisesse. Quando músicos e público chegam a essa sintonia, aí sim, se descobre o poder da Roda de Samba. Ela contagia, alimenta. Esse novo trabalho fala da saudade que estávamos de voltar a fazer aquele ‘sambinha arrumado’, do jeito que o povo gosta”, diz Mug, um dos vocalistas e o cavaquinhista do grupo.

“Roda de Samba do Grupo Bom Gosto Vol. 2 - Do jeito que o povo gosta” é o quinto álbum do grupo e já está disponível nas plataformas digitais (Deezer, Spotify, Rdio, Napster, Apple Music, iTunes e Google Play). Um lançamento Som Livre, o CD chega às lojas no dia 4 de dezembro trazendo 16 faixas. Confira as faixas no link: http://jukebox.somlivre.com/playlist-729486297

A primeira música de trabalho é “Jeito Carinhoso”, mas, antes do lançamento, dois singles já estouraram nas rádios e invadiram as rodas de samba: “Agora Perdeu” e “Te dar Amor”. O álbum traz também as inéditas “Força pra Lutar”, “Dor de Alma”, “Rei do Camarote”, “Samba Rave”, “Tons de Cinza”, “De Maré” e “Revolução”, além de três pot-pourris com regravações de sucessos de Martinho da Vila e Fundo de Quintal. “Nosso repertório retrata uma época em nossas vidas, o que nós sentimos no momento. Deixamos registradas nossas escolhas e nossas referências musicais. Nosso objetivo é que o CD seja a cara do grupo”, diz Mug.

O segundo álbum da carreira do sexteto - “Roda de Samba do Bom Gosto. Vol. 1” - iniciou esta série: “Este trabalho que apresentou nosso som. De lá pra cá percorremos várias cidade do Brasil e do mundo. A agenda de shows nos afastou dos nossos encontros aos domingos na nossa cidade, no nosso bairro. Estávamos sentindo falta dos improvisos, das misturas, das nossas experiências musicais e da sensação de ouvir o povo cantar um refrão de um samba novo ou um samba tradicional”, conta Mug.

Após o lançamento de “Roda de Samba do Grupo Bom Gosto Vol. 2 – Do Jeito Que o Povo Gosta”, dia 4 de dezembro, no Rio de Janeiro, o Grupo Bom Gosto entrará em turnê levando o clima da sua roda de samba - registrada no novo álbum e consagrada no evento comandada pelo grupo, aos domingos, em Jacarepaguá - para cidades brasileiras e para o exterior. “O plano é que mais pessoas aqui e ao redor do mundo curtam esse formato de apresentação”, completa Mug.

Grupo Bom Gosto
Fábio Beça (pandeiro e voz)
Adriano Ribeiro (banjo e voz)
Mug (cavaco e voz)
André Neguinho (percussão)
Flávio Regis (surdo e cuíca)
Fernando Macaé (tantan)

Playlists relacionadas

Home