Imagem de capa de Camurça

Camurça

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays8.033plays
Tamanho
Imprimir

Nuncacabando

Composição: Enzo Camurça

Sou o silêncio que habita onde os valentes hesitam Eu sou a carne ardida e moída, sofrida, das peles rasgadas dilaceradas que vagam Sou um intervalo de luz, no breu do vazio Sempre fui dor, assim que sempre me vi Sempre encaixei tantos sonhos na minha poesia E agora todos se picam, se perdem, se encolhem Na toca de cada desejo que um dia engoli No vácuo de cada palavra que um dia escrevi Não se esconda mais Já fui eu o rapaz a chorar com uma dor que eu nunca entendi Bem mais que entender, é provocar e bater Pra encaliçar e tentar ser feliz Eu olhei fundo no abismo e ele me olhou assim Agora corro e desmancho bem alto O que eu acreditava ser e desejei pra mim Não ouça seus pais, ser alguém na vida não é nada demais Um dia após o outro O mesmo barco, o mesmo mar Mudam os destinos E quem você quer se tornar

201

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica