Paraíso

Chal

Sigo sonhando
Tentando encontrar
Um lugar só pra ir
Pra nunca voltar

Uma luz única
Meia penumbra por copa de árvores
Água doce
Pra qualquer tempo beber, banhar

Um chão fértil
Pra todos planos plantar

Um silêncio perfeito
Pra divina música soar

Que eu quero ir
Sempre ir
À este belo lugar
Onde a chama
Se mantêm acesa
E a beleza nunca há de apagar

Tou chegando perto
Vou seguir meu rumo
Não vou ficar mais preso aqui nestes muros

É preciso ir pra poder sorrir
É ali

Que eu quero ir
Sempre ir
A este belo lugar
Onde a chama
Se mantêm acesa
E a beleza nunca há de apagar

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (4)

Fotos (17)

Clipes (13)

Release

O menino começou a estudar inglês aos sete anos, doido para entender as letras daquelas músicas que tanto amava. Também aprendeu a tocar piano e, lá pelos dez, onze anos, já estava rabiscando poemas em caderninhos. “Com aquela 'tristezinha' no fundo da alma”, lembra Gustavo, com ternura. Ele teve vários outros apelidos até se decidir, somente aos 28 anos, por Chal, seguindo conselho do professor de meditação de seu pai.

Na adolescência e na pós-adolescência, Chal emprestou o vozeirão e musicalidade para bandas de rock de diferentes estilos (de pop rock a nu metal) e cantou em barzinhos até encontrar sua praia musical. Era uma praia interiorana, mapeada a partir da observação das semelhanças entre aspectos ...

Continuar lendo>>