CÍCERO BILLY ALVESRosinha E Zé João41 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 5

Rosinha E Zé João

Cícero Alves Pereira

ROSINHA E ZÉ JOÃO

Quando a lua nova pisca lá na serra, na escuridão,
Conta o povo que a onça enfeitiçada ronda o sertão...
Ninguém sai de casa, ninguém abre a porta pra ninguém, não...
O medo medonho, medo da fera, da assombração.

Dizem que Rosinha era apaixonada por Zé João.
Ele a desprezou e amargurou o seu coração.
Caçoou da moça, e, rindo, espalhou, por todo sertão,
Que ela era bruxa, e que virava onça na escuridão.

Foi... dias depois, aconteceu...
Zé João, tombado na beira da estrada amanheceu.
Foi... Na lua nova que aconteceu.
A suçuarana deixou como prova o rastro seu.

E Rosa, então, desmilingüiu... o mundo ruiu,
O povo fugiu, escureceu...
O chão se abriu, ninguém mais a viu,
Rosinha sumiu... desapareceu.

Músicas mais acessadas

Fotos (1)