Imagem de capa de Cidades & Satélites
Cidades & Satélites

Cidades & Satélites

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoGama / DF
Plays4.574plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesVenceslauedimar e outros 11 ouvintes
VenceslauedimarVenceslauedimarVenceslauedimarVenceslauedimarVenceslauedimar
Fã-clubeAlessandro Souza e outros 12 fãs
Alessandro SouzaAlessandro SouzaAlessandro SouzaAlessandro SouzaAlessandro Souza

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de André Marreco (Marrecore)André Marreco (Marrecore)Bateria
Imagem de Daniel dos SantosDaniel dos SantosVoz
Imagem de Joe ShoxJoe ShoxBaixo
Ver mais integrantes

Release

Sendo uma banda declaradamente “oitentista”, o “Cidades & Satélites”, formado por Daniel dos Santos (Voz); Valdemir Roger (Guitarra); Sérgio Ricardo Oliveira (Guitarra); Joe Shox (Baixo) e André Marreco (Bateria); é uma Banda de Pop-Rock brasiliense com som independente e autoral, cuja proposta visa resgatar o estilo de se fazer e se pensar o Rock dos anos 80/90, com particularidades sonoras e ideológicas que singularizam o som produzido pela banda, fazendo com que seu trabalho não seja mera "cópia" dos grandes gênios da música e poetas das décadas de ouro do Rock Nacional. Desta forma, “o Cidades” resgata estas ideologias, buscando algo novo na criação e produção, ou seja, segue uma vertente que resulta em algo inédito e original. As letras trazem uma visão contemporânea da vida cotidiana, abordando temas como o Amor, a vida urbana, política e a sociedade, suas tecnologias, arte e filosofia.
O nome "Cidades e Satélites" é uma referência ao local de origem do grupo, a Cidade-Satélite do Gama, localizada a 30 Km de Brasília. Faz também, uma analogia com as palavras "Cidade" e "Satélite”. Assim, “Cidade” é aquilo que nos envolve e por muitas vezes, aliena. Neste sistema, o "Satélite" encontra-se acima da sociedade e lança suas "redes" sobre a humanidade. Com o passar do tempo, os "satélites naturais", por seus encantos e fascínios, passaram a integrar as imagens usadas pela banda, para a divulgação.
O “Cidades” nasceu a partir de observações feitas pelo Arte-Educador Daniel dos Santos junto a alunos e colegas de trabalho da escola ao qual lecionava, dentre estes, o músico e ex-integrante Weyler Coelho, que desponta hoje no cenário sertanejo, como Ronaldy Silva. Estes debatiam acerca da forma com que muitas novas bandas criam suas músicas sem "essência e sentimento", utilizando muitas vezes, letras apelativas. Na ocasião, chegaram a conclusão que as bandas dos anos 80/90 possuíam algo em comum e, este algo, seria dado a uma maior atenção às produções, sobretudo por suas letras e melodias marcantes, além da genialidade de seus poetas, como Renato Russo, Cazuza e Humberto Gessinger. E então, a partir destas observações, surgia a vontade de se montar uma banda e criar canções com as características aqui mencionadas: nascia a banda CIDADES & SATÉLITES.
O primeiro trabalho da banda foi a música RETROSPECTIVA, de autoria de Daniel dos Santos, que aborda a mídia e as relações do ser humano com o tempo: o passado, presente e o futuro.
Como já mencionado aqui, embora a proposta dos Cidades seja a de resgatar o "estilo oitentista", as letras da Banda “falam” da vida na sociedade, a alienação do sistema e temas como o amor, a política e o mundo com seus mais constantes desgastes e turbulências (naturais ou não).
No fim de 2009 e início de 2010, a música Retrospectiva começou a ser tocada em algumas das principais rádios do DF. Tal fato, fez com que a banda ganhasse maior notoriedade nas redes sociais.
No fim de 2011, a banda entrou em Hiato e retornou às atividades de estúdio em 2013, com novos integrantes e produzindo novas músicas para a alegria de quem já aprecia o trabalho do sexteto brasiliense.
Em 2017, o Cidades & Satélites lançou o CD “As Crônicas do Tempo”, produzido em Brasília por André Marreco da Marrecore Estúdios e prensado em São Paulo pela Ponto4 Digital, reunindo canções inéditas e antigas remasterizadas. Em seus shows, o Cidades traz ao público suas antigas e novas músicas, interpretadas ao bom e velho estilo do Rock brasiliense dos anos 80/90.

Playlists relacionadas