Contrate

Cido Gonçalves

(88) 99717-2707 | (88) 98119-8383

Última Palavra - Autoral

Cido Gonçalves

Minha palavra é forte e sincera
É uma raiz encravada na terra
E a palavra que não proferiu-se
Nações inteiras conduziu para a guerra

Não vou calar se você não falar
Ecoará no ar o meu cantar

Eu laço e faço o aço cansaço
Dilacerado está o belo que havia
Houvera um tempo perdido no tempo
Da alegria da vida que eu via

Existirá um chão para andar?
Existirá um mar pra navegar?

O poder, aliena, corroí liberdade
Na mão de um homem que não tem verdade

Tantas vidas perdidas em nome da paz
Esquecidas no tempo deixadas pra traz

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (17)

Clipes (2)

Release

Youtube Natural de Cariré-CE

Distante
Distante de ti o mar vira regato enxuto
Distante de ti a vigília é meu luto
Distante de ti os sonhos são meus risos
Distante de ti não há flores nem sorrisos

Distante de ti meu cantar é aflição
Distante de ti dorido é o coração
Distante de ti fragmento-me sem ter fim
Distante de ti meu lamento quer teu sim

(Cido Gonçalves)

Bandas:
1982 - Nova Dimensão - Cariré
1984 - Tony Som - Groaíras
1985 - Os Brilhantes - Varjota
1986 - BQ Som - Ubajara
1988 - AMCM - Cariré
1991 - Watt Som - São Paulo
1998 - Balanço do Mar - São Paulo
1999 - Musical Digital - Cariré
2008 - Forró Pileke - Cariré
2008 - Kalango Cego - Cariré
2011 - Balanço da Molesta - Cariré
2012 - Forró 100 Vergonha