DANGEROUS

DANGEROUS

EstiloGrunge
Cidade/EstadoJaguariúna / SP
Plays12.040plays

Comunidade

OuvintesVicentepereira e outros 8 ouvintes
VicentepereiraVicentepereiraVicentepereiraVicentepereiraVicentepereira
Fã-clubekattwinkel e outros 20 fãs
kattwinkelkattwinkelkattwinkelkattwinkelkattwinkel

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Luciano AbruzezLuciano AbruzezVoz, Bateria
Imagem de Rafael ArelaroRafael ArelaroGuitarra, Backing Vocal
Imagem de Rodolfo SeixasRodolfo SeixasBaixo, Backing Vocal

Release

A banda foi formada em Junho de 99 e continua até hoje com a mesma formação inicial. Na época havia poucas bandas na cidade de Jaguariúna, mas foram elas, indiretamente, responsáveis pela vontade dos três garotos, de formarem a Dangerous. Os primeiros ensaios vieram, sem vocal e com o baixo improvisado no violão, tudo ligado no mesmo amplificador, o que dificultava muito. Passaram por todas dificuldades de início de banda, sem equipamento, sem local para ensaiar (revezavam nas casas dos integrantes), sem vocalista definido e ainda por terem 11 anos de idade, tudo ficava mais complicado. Aos poucos as coisas foram se encaixando. Para conseguirem um equipamento que desse para ensaiar legal, vendiam rifas, colares de skate feitos com régua de vereadores, além de uma pequena contribuição que todos davam semanalmente. O vocalista foi definido e os ensaios passaram a ser na casa de Luciano, no “Sótão”, onde são realizados até hoje. As primeiras apresentações começaram a acontecer. Tocavam em festas, festivais, bares e em qualquer lugar que aparecesse, mas que geralmente eram realizados no Centro Cultural de Jaguariúna. Em 2001 conquistaram o 2° lugar na Semana Cultural, ficando atrás apenas, por uma diferença mínima de pontos, de um músico solo de MPB, já consagrado na cidade, o que aumentou o reconhecimento da banda. Pouco tempo depois, foram apresentados ao André, na época proprietário de um pequeno estúdio, até então desconhecido da banda. Resolveram gravar um cd-demo, com o patrocínio do comércio local, pois o dinheiro que tinham não era o suficiente. A música “O que irá acontecer” entrou na programação das rádios da cidade, e chegou a estar entre as mais pedidas. Matérias em jornais e entrevistas em programas de rádios e tv, além de apresentações em cidades da região começaram a acontecer. No Aniversário da Cidade de Jaguariúna do mesmo ano, tocaram para um público de cerca de 5 mil pessoas, com encerramento na programação feito pela banda Ultraje a Rigor, ídolos dos integrantes que foram convidados a conhecer Roger e cia. As influências da banda são muitas, das tendências mais variadas do rock, como Nirvana, Pearl Jam, Silverchair, Bush, Finch, Ramones, Guns n’ Roses, Raimundos, Legião Urbana, e muito mais. O som é basicamente grunge, no seu mais amplo sentido, com muita sinceridade, humildade e muito amor à música. Continuam tocando e ensaiando todos os finais de semana, e batalhando para que um dia, quem sabe, possam viver de música, o que é muito difícil num país como este, mas que não os impede de sonhar.

Playlists relacionadas

Contrate