Daniel Marques

EstiloMPB
Cidade/EstadoBauru / SP
Plays839plays
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesLizze Ferrer e outros 11 ouvintes
Fã-clubeCátia Machado e outros 3 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

Daniel Marques

¨ As flores não escolhem as cores e nem os corações escolhem os amores. ¨
(Nél Marques)

Daniel Marques deu seus primeiros passos na música na década de 80, aos 9 anos de idade, quando começou tocando violino em igrejas. Desde pequeno, sob influência do pai, nada nos acordes dos mestres clássicos, o que, naturalmente, o levou ao estudo de mais um instrumento: o piano, durante 7 anos.
Aos 13 anos de idade, mudou-se para Bauru-SP e, com seus amigos, também adolescentes, iniciam uma banda de rock. A banda era a Soma-rasa. No ano de 2007, lançaram um disco, intitulado ¨Psicodélic caos andante¨, desenvolvendo um estilo de rock progressivo, onde Nél, (apelido carinhoso dado pela mãe e avós) não apenas fazia o vocal principal, como tocava bateria, e assinava 8 das 9 músicas que compunham o álbum.
Despertava não só o talento para a música, como a paixão por compor e escrever. Desta forma, passa também a se embrenhar no mundo da literatura, onde está, atualmente, na finalização de seu 6º livro. Desenvolveu vários ofícios, como engraxate, garçom, trabalhador rural na colheita de café e algodão, apartador de gado e tantos outros que carregam de cenas o imaginário que, mais tarde, alimentaram seus livros.
Artista de muitas paixões e talentos, ele decidiu, enfim, seguir viagem mundo afora. Com a música, percorreu todo o litoral brasileiro. Morou em Paraty e Ilha Grande, no Rio de Janeiro, como também na capital, no boêmio bairro da Lapa; voou alto a Espanha, Uruguai, Chile, Paraguai, e depois de uma temporada de 5 anos na Argentina, retorna ao berço de sua música, em terras bauruenses, para gravar um álbum com renomados músicos e amigos da cidade.
Eclético é uma palavra que bem define este criador inquieto. Seu som é criativo, impetuoso, e passa por ritmos como blues, bossa nova, samba, forró, rock, pop, com conhecimento rebuscado da música clássica, internacional e do cancioneiro popular. É um bom retrato da riqueza musical do Brasil, cuja diversidade, segundo ele próprio, não se iguala, em nenhum outro lugar do mundo por onde esteve.
Mas, não se iluda que irá encontrar um típico aspirante à fama ou mais um futuro astro pop. Ele é simples! Seus amigo e fino instrumentista, Chiquinho Garcia, o chama de “mero camponês”, e não é à toa. Nél, em muitas de suas viagens, seguiu apenas com um violão e uma mochila nas costas. Conheceu do melhor e mais refinado aos mais singelos tipos de lugares e pessoas. Gosta do sossego, da vida no meio do mato, junto à Natureza, ouve mantras, faz meditação e acorda junto com o Sol diariamente. E ele nem poderia ser uma pessoa normal, no sentido mais convencional da palavra. O quarto filho de uma família de 5 irmãos, seu pai era padre e, ao conhecer sua mãe, uma forte mulher pernambucana e arretada, largou tudo para casar-se com ela. Cedo, aprendeu, pelo exemplo, a seguir suas paixões.
Assim, traz para suas artes, músicas e literaturas, toda esta caixa de pandora que é sua história e seu repertório.


¨¨Escravo do tempo, vou existindo por aí....
Meu deus é o meu blues, ele quem conduz¨¨....
Nél Marques




Contatos

casartemundo@gmail.com

Playlists relacionadas

Contrate

Daniel Marques

(14) 98100 - 2710https://www.facebook.com/bandainvisivel/