EstiloRock
Cidade/EstadoCapanema / PA
Plays22.552plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesVullgo Iludida e outros 78 ouvintes
Fã-clubeFlux Inside e outros 76 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Nazo GlinsVoz, Guitarra
Alex LimaVoz, Baixo
Messias LimaBateria
Ver mais integrantes

Release

Destruidores de Tóquio


Quando Bob Dylan escreveu, ?My Back Pages?, ?Mr. Tambourine Man? e mais uma penca de canções na década de 1960, introduziu a poesia no Rock e o Rock nunca mais foi o mesmo. Os Beatles nunca mais foram os mesmos. Lou Reed pôde nascer e com ele o Velvet Underground. E com o VU estavam abertas as portas para uma linhagem de bandas que sofreram, direta e/ou indiretamente, a influência original de Robert Zimerman: Joy Division, The Jesus and Mary Chain, Guided By Voices, Nirvana etc. Pedra atirada no lago, as ondas dos versos existenciais (*?I was so much older then, i?m younger than that now?) de uma nova onda beatnik não pararam de se expandir e na América do Sul e Brasil geraram também seus filhos, antropofágicos pela própria natureza. Até chegarem a Capanema, norte do Brasil, interior do Pará, ?ao sol do Equador?. Ou apague-se toda essa baboseira, toda essa ?linha evolutiva? tacanha, miserável e chata pra cacete. Os Destruidores de Tóquio já sentenciaram: ?... a música perfeita[...] [...]é a batida lúgubre do seu coração? (Música para Suicídio, 2007). De forma não-artística, não há mais nada a se dizer sobre arte que valha realmente a pena. O Mundo, invenção dos Homens, fenômeno estético, está aí para ser modificado. Os Destruidores de Tóquio fazem música como podem: gravações low-fi até o Diabo dizer chega (ele nunca diz), microfones Lesson SM58, teclados Cássio e computador. E estão modificando as coisas à sua volta. Com uma discografia regular (um disco a cada ano, de 2003 a 2007), Alex Lima (baixo e voz), Nazo Glins (guitarra e voz), Messias Lima (bateria) e Bruno Aleixo (guitarra) formam a banda capanemense que produz seus próprios clipes, discos e shows, e inventa sua própria maneira de fazer, sem esperar que o fantasma do bom e velho ?olheiro? morto de alguma gravadora do além venha ?descobri-los?. Não que eles não queiram fama (dinheiro, iates, mulheres, dinheiro, mulheres...). Claro que querem. Aliás, até assinaram com a gravadora Ná Music, e vão lançar disco novo, ainda esse ano. Depois, é correr atrás do dinheiro, o Bob Dylan da linha evolutiva capitalista. Com a grana recebida da venda dos discos, prometem arriscar a sorte grande pela loteria federal, todo mês. * Eu era bem mais velho então, agora sou mais novo (My Back Pages, 1964, tradução nossa). "Ricardo Maradei".
A banda já tem como registro: A Vaca Foi Pro Brejo (ep demo) independente de 2003, Pirlilimpimpim (ep demo) independente de 2004, Sacanagem e show de Horrores (demo) independente de 2005, A Celebração da Auto Destruição (independente) 2006, Música Para Suicídio (Ná Music) 2007, Coletânea Rock Soldiers 13 (UGK Discos) 2008. E nosso mais recente trabalho o primeiro disco Oficial da banda ?O Avesso e O Avesso? lançado Pelo selo Ná Music em Janeiro de 2010. A banda conta em sua trajetória com 07 vídeos: Pra Você Morrer Logo, Música Para Suicídio, Amor e Restos Humanos, Plástica Natural, Wanna be Your Dolly, Homem Invisível, O Avesso e O Avesso, sendo dois indicados ao Prêmio Ná Figueredo ao melhor vídeo paraense: Homem Invisível em 2007 e Wanna be Your Dolly em 2008. Nos sete anos de carreira a banda foi pioneira em desbravar o interior do Estado do Pará e já se apresentou ao lado de grandes nomes do Rock Alternativo, Os Replicantes, Rock Rockets, Leela, Ecos Falsos, Rejects, Chuck Hipolitho, Hierofante Púrpura, GrimSkunk (Canadá)... e já tocou em inúmeras casas de shows pelo Brasil a fora, Áfrican Bar (3º Festival Se Rasgum), Mormaço, Milo Garage, Outs, Livraria da Esquina, Divina Comédia, Café com Arte, e acabou de passar pala Audio Rebel no Rio de Janeiro, dia 22 de Outubro...

Projetos:

Abanda A banda Promove o festival nada de cover, e o festival itinerante Invasão Caipira, que tem como proposta integrar bandas do interior do estado com bandas da capital, o projeto já rodou por 5 municípios em menos de um ano, a última edição foi projeto Invasão Caipira especial macumba, realizado dentro de um terreiro de umbanda.

Discos:
A Vaca Foi pro Brejo- (EP demo) independente- 2003
Pirlimpimpim- (EP demo) Independente- 2004
Sacanagem e Show de Horrores- demo Independente- 2005
A Celebração da Autodestruidoção-Independente- 2006
Música para Suicídio- Ná Music- 2007
Rock Soldiers (Coletânea ) UGK Discos.
O Avesso e O Avesso (Oficial) Ná Music - 2010.

O Avesso e O Avesso (primeiro disco Oficial)

Release do Álbum

É o nosso 6º registro fonográfico, e o primeiro lançado por um selo e gravado profissionalmente, o trabalho é uma tentativa de mixar música pop com cinema europeu, arte de vanguarda, literatura e estética do absurdo. Nas letras desfilam personagens que são nossos velhos conhecidos, como branca de neve delirando numa viagem de ácido (10 anos), Ofélia de Hamlet, com medo de se afogar no lago (Ofélia), Isadora Duncan, dando péssimos conselhos a uma bailarina vítima da poliomielite e caolha (bela a bailarina). Alem de sentimentos baixos: ciúmes, ódio, inveja, entre outros, que permeiam as músicas como ?serviço sujo?, ?pra esquecer?, ?querendo meu mal?, tudo gravado praticamente ao vivo em estúdio (com baixo, bateria e violão tocados juntos). Como se fazia antigamente. na capa, fotografias inspiradas em pornografia vintage e na cultura sadomasoquista, na realidade é um disco conceitual numa linha extremamente pop...

Playlists relacionadas

Contrate

Nazareno Glins / Alex lima

(91) 3462 - 4484 | (91) 8838 - 1292http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendID=176525472
Home