Dido Santos

Cidade/EstadoOlinda / PE
Plays2.052plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesMaria Lúcia Costa Lima e outros 11 ouvintes
Fã-clubeSelma Elias dos Santos e outros 8 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Dido Santos, nascido na cidade de Olinda no Estado de Pernambuco, Brasil no dia 25 de Maio de 1955. É cantor, compositor e artista plástico, desenvolveu aptidão musical quando na puberdade, estudou no GIGA Ginásio Ind. Guedes Alcoforado. Onde começou a tocar corneta, tuba e instrumentos de percussão.

Descobriu o violão logo cedo, autodidata e tem uma formação da noite nos bares da orla em Olinda, Recife. Tocou por vários anos em Olinda, São Paulo, Goiânia, Goiás, Brasília e Recife, com grande público presente nas suas apresentações. Dido Santos acompanhou em Brasília uma cantora chilena Elga Perez, quando tocava charango instrumento esse que trouxe de sua viagem a CUZCO no Perú.

Gravou seu primeiro CD em 1999 "Temperos de Herança", produzido pelo próprio e só no ano de 2013 gravou o seu segundo CD "Viagem de um sonho real-Vila Pop". Neste Cd ele se colocou como cantor interprete e instrumentista. Um trabalho pop e uma tendência de blues e baladas entre samba canção e uma ciranda. Duas faixas dedicadas aos músicos que foram da Serenata de Olinda, Maneco e seu pai Milcíades.

Em Outubro de 2014, trabalhou no projeto "Pernambuco Cultura História e Mar" que teve duas etapas a 'ª em Olinda-Pe, e a segunda em Fernando de Noronha.

Com dois CDs Gravados compostos de músicas autorais, Dido Santos gravou: “Tempero da Herança,” CD com 14 faixas autorais & Viagem de um Sonho Real CD com 15 músicas. Onde seu trabalho amadurecido leva uma temática Blues. No seu jeito de cantar e utilizar os ingredientes de sua miscigenação, onde em suas letras fala de alguns elementos e primitivos seres mitológicos, além de Orixás e Deuses gregos. Como na Música “ Chapéu do Sol,” onde ele fala do deus Bacco. Na sintonia do Universo, (escuto teu coração cantar toda emoção que há, para viver buscando na Vida a Aura azul que linda...) onde ele cita Iemanjá e a Saudação Aidô. Iemanjá . Adeus Indesejado (blues que fala : Iansã e Xangô), suas letras tem um apelo ecológico e um romantismo em certas letras... Xote “Sonhos de São João”(parceria com Carlos Francisco e Climério filho) música que tem a cara de Caruaru, pois foi feita em Olinda falando do Santo Antonio Casamenteiro, música essa que foi apresentada antes de ser gravada no programa de Rolando Boldrin. Xote. Gravada com o sanfoneiro Gennaro e outra música em destaque neste 1º CD Renova Comigo (forró) fiz lembrando de uma passagem em Caruaru, onde vi dois nativos conversando sobre a sua namorada e o amigo pergunta e como vai fulana? Ele diz : Nunca mais vou ser feliz se ela não voltar comigo. Daí nasceu Renova comigo, como disse antes gravada com gennaro na sonfona.” Fui para o mar pra matar minha sede, minha iemanjá me mandou passear, trago no peito um sorriso dengoso vem meu amor quero lhe namorar, dança comigo coladinho em meu peito. No meu 1º CD já esgotado, podendo ser relançado, caso aconteça .

Tem Baladas Blues, Xote, Samba canção e Frevo Canção. Tocado com músicos pernambucanos Dido Santos se mantém coerente com seu jeito de compor frevo canção e transformar em Blues como:” Garota de Sol e Chuva”. Nos CD’s de Dido Santos você escuta Maracatú, Samba canção e baladas Blues, costuma de dizer que sua música veio de muitas transformações e influencias do Jazz, do Rock, Baladas com seu jeito de sentir e cantar Gravou seu 1º CD na Somax , vindo de uma carreira entre conjuntos de Bailes e Asa Branca Concerto, Antigo “Concerto e Viola” Onde começou sua experiência Com a música regional tendo logo em vista a possibilidade de compor Frevo Canção Participou de alguns festivais do Frevo e do Maracatu. Como o Frevança. Sua tendência Blues o levou a compor uma música mais estilizada com influencias Blues e Rockin, viveu a fase de Barzinho tocando MPB. Sua Música tem uma tendência pop.Blues de Amor e Ódio seu rock diz: Não quero seu Mel, seu Fel, sua ira, nem quero a mentira que você fez propagar tragando a esperança que reluziu partida... Só quero ver o dia que a cobra vai morder seu próprio rabo. Nunca pense passar pela vida que a vida não espera passar por você são tantos caminhos que lhes deixa inseguro não queira com isto anular você. E para finalizar complemento dizendo: Eu quero um amor que me conduza a Luz mesmo nas sombras que a natureza seduz, que ande dentro de mim abrindo as portas para alegria um amor companhia..." Seu lado romântico.

Dido Santos.

Playlists relacionadas

Home