Imagem de capa de Distintivo Blue
Distintivo Blue

Distintivo Blue

EstiloBlues
Cidade/EstadoVitória da Conquista / BA
Plays15.418plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesMateus Reis e outros 85 ouvintes
Mateus ReisMateus ReisMateus ReisMateus ReisMateus Reis
Fã-clubeAJ Cardiais🦉 e outros 112 fãs
AJ Cardiais🦉AJ Cardiais🦉AJ Cardiais🦉AJ Cardiais🦉AJ Cardiais🦉

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Nephtali Bitencourt (NaftaJoe)Nephtali Bitencourt (NaftaJoe)Voz, Bateria
Imagem de Weldon França (WelJoe)Weldon França (WelJoe)Voz, Guitarra
Imagem de I. Malförea (Joe Malfs)I. Malförea (Joe Malfs)Voz, Violão, Guitarra, Gaita, Baixo, Backing Vocal

Release

Fundado em 2009, oDistintivo Blueé o projeto musical autoral de Plácido Oliveira Mendes (também conhecido porI. MalföreaouJoe Malfs), cantor, compositor, produtor e pesquisador musical de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Pensado inicialmente como uma banda de blues, atuou desta forma, até 2016, com o definitivo desmembramento enquanto “coletivo”, apesar de ter sido fruto, desde o princípio, de sua liderança e iniciativa individual.

O projeto foca-se, conceitualmente, na tríade blues-rock-country, tendo lançado vasta obra autoral a partir de 2010. Assim, por diversas vezes representou Vitória da Conquista no cenário do blues brasileiro em eventos, programas radialísticos, televisivos, coletâneas (muitas vezes enquanto único representante da região nordeste, como nos volumes 1 e 2 da coletânea Máfia da Mortadela, formada, essencialmente por bandas da região sudeste), podcasts (oBLUEZinada!, de autoria do artista, foi o primeiro podcast conquistense publicado e o primeiro do Brasil produzido por uma banda de blues, como parte de um grande projeto de pesquisa e divulgação sobre o gênero, formado por um website, uma zine e o podcast homônimos) e outros.

Após a pandemia de COVID-19, o artista passou a gravar e produzir suas músicas (incluindo videoclipes) de forma solitária, utilizando os recursos disponíveis, tornando-as profundamente mais conceituais e refletindo mais fielmente suas ideias, como a cançãoO Andarilho, que reflete sobre o problema dos animais de rua. Com o retorno das atividades presenciais, passou a se apresentar com amigos, em formatos diversos.

Em 2023, junta-se novamente ao bateristaNephtali Bitencourt(membro de 2015 a 2016) para uma reestruturação, assumindo o contrabaixo e convidandoWeldon França(guitarra e voz), experiente e conhecido músico da "velha guarda" do blues-rock conquistense, enquanto buscam, sob o formato "power trio", mais um integrante para complementar o conceito. A proposta atual é manter o foco em músicas autorais, em contraponto à enxurrada de nostálgicos "shows-tributo" que têm dominado o ambiente musical há anos.

Como sempre se deu desde 2009, ainda que oDistintivo Bluetraga um conceito bastante pessoal, permite e incentiva a livre expressão musical de cada um dos novos membros, admitindo a música muito mais enquanto arte (uma das mais potentes e sofisticadas formas de expressão humana) que enquanto "produto" direcionado a atender aos padrões do mercado cultural.

Todos os links: http://linktr.ee/distintivoblue

Playlists relacionadas