Edi Ribeiro

EstiloRegional
Cidade/EstadoMaceió / AL
Plays59.984plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesAdemir Maurer e outros 547 ouvintes
Fã-clubeSelma Ribeiro e outros 11 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Edi Ribeiro iniciou na música ainda na adolescência nos anos 90. Músico de formação autodidata, logo começou a atuar na noite tendo passagem por várias bandas como: Adrenalina, Banda Raízes e a Big Banda Orquestra do maestro Ivanildo Rafael.

Nos anos 2000, fundou o Grupo de música regional Cumbuca participando de projetos e mostras musicais dentro e fora do Estado de Alagoas (Palco Aberto, Festivais do Sesc, Circulação de música do Sesc, Misa Acústico, Feira da Música).

Em 2006, lançou o álbum independente da banda intitulado “Cumbuca – Ziguezaguear”. Nesse mesmo ano foi contemplado para participar da Feira da Música em Fortaleza.

Seguindo em carreira solo, foi premiado em dois festivais de música: 2009 e 2010 festival de música promovido pela Universidade Federal de Alagoas( FEMUFAL ), 2012 Festival da Palavra, promovido pelo governo do estado de alagoas. Em 2015 e 2017, participou como músico convidado do Segundo e Terceiro Encontro de Bateristas de Maceió.

Em 2016, lançou o Projeto Forrojazz com a pretensão de incorporar o swing jazzístico à nossa autêntica música nordestina. Ainda em 2016, participou da 7° edição do Projeto Palco Aberto e do 2° Festival Pôr do Sol Cultural, idealizado pela Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas.

Em 2017, idealizou junto com o cantor e jornalista Sebage o Movimento Antropofágico Miscigenado, semanalmente realizado no saguão do Teatro Deodoro, trazendo a ideia provocativa de “deglutir” e “digerir” melhor a tão diversa arte alagoana – literalmente “Se Tocando” e cantando uns aos outros para uma melhor compreensão da nossa música, da nossa arte.

Também se apresentou no Projeto Misa Acústico com o show “Eu no Baião de Dois” e no Sétimo Aniversário da Cuscuzeria Café com o show “Forrojazz, Xote e Baião”. Participou da 4° edição do Vozes do Velho Chico – Piranhas/AL, evento que homenageia o Rio São Francisco através de expressões artísticas dos cinco estados banhados pelo rio.

Em setembro de 2017 lança seu primeiro disco solo: "Eu no Baião de Dois".

Playlists relacionadas

Home