Contrate

edizero

(79) 8142-5788 | (79) 3541-2454

Canção da estrada aberta

edizero

Quem não estranha mais a estrada
Vai a qualquer parte
Como se estivesse sempre no mesmo lugar
Eu sigo a minha estrela
E onde quer que eu esteja
Eu aprendo mais sobre tudo que deixo pra trás
Por isso é que após tantas curvas
Eu volto ao ponto de partida
Em busca de algo que agora me faz falta

São tantos anos nessa estrada
Dela eu não sei nada
Apenas me entendo um pouco melhor

O sol se põe na bela paisagem
E envolve os bares a beira da estrada
E aqui estou eu acenando uma carona a mais
E as tantas formas de beleza inspiram sossego
Enlouquecem quem tem um desejo
E não consegue nunca alcançar

São tantos anos nessa estrada
Dela eu não sei nada
Apenas me entendo um pouco melhor
E os outros ao meu redor

Desde que leu On The Road
Bob Dylan se mandou de casa
E nunca mais voltou... Nunca mais voltou
Sedentos pra se por na estrada
Sedentos pra ver o sol se por na estrada
For ?the answer is blowing in the wind?

São tantas curvas nessa estrada
Tantos anos nessa estrada
Estranhos a deriva nessa estrada
Dela eu não sei nada
E eu também nunca quis entender
Só sentir e viajar

Músicas mais acessadas

Fotos (12)

Release

O edizero (é com minuscula mesmo) é um projeto solo voltado para concepções de varios segmentos musicais ou não. O conceito é o ponto fundamental, a primeira demo intitulada "enquanto todos assistem televisão" deixa isso bem claro: além das musicas ha também partes recitadas e vinhetas. As canções convergem sempre para a idéia do disco consolidando o seu conceito