Eloy Fritsch

EstiloNew Age
Cidade/EstadoCaxias do Sul / RS
Plays4.272plays
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintes e outros 34 ouvintes
Fã-clubeEdno C. Lopes e outros 6 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

“Behind the Walls of Imagination é carregado de espiritualidade freqüentemente apresenta um instrumental poderoso que mantém o senso de maravilha, assim como o título insinua. Se você está procurando um disco que mistura new age e progressivo, aqui está ele." (Progression - The Quaterly Journal of Progressive Music -USA -Fall/Winter 1999-2000).

Space Music - "...múltiplas seqüências dignas dos mestres do gênero... o trabalho sonoro é magnífico e os conhecedores encontrarão os sons analógicos dos anos 70 juntamente com sons sintéticos atuais." – Musea Editorial – França – 1998

“Cyberspace - sons arranjados em camadas flutuam serenamente. A êmfase é dada aos sons orquestrados por sintetizadores com suaves toques atmosféricos . "Lost Paradise" inclui ritmos majestosos que marcham a um passo constante. O trabalho é todo de natureza eletrônica, com um vasto conjunto de sintetizadores listados nos créditos, dispostos na capa, ao redor do artista." (Nucleous – The Site of Progressive Music, 2003).

"Eloy Fritsch mostra seu grande talento para construir música eletrônica repleta de sentimentos... Eloy Fritsch compôs uma coleção impressionante de temas eletrônicos. Ele constrói melodias que nos levam para aventuras épicas de um passado distante e que evocam em nossa alma os sentimentos que refletem o melhor da condição humana." (Amazing Sounds Magazine – USA – 03/2004).

O álbum de 2003 é ótimo: no início, "Atmosphere - Electronic Suite", evoca a abertura do excelente álbum "Heaven and Hell" de Vangelis, com corais enfáticos e majestosas partes orquestrais. A abertura revela, uma vez mais, a convicção ecológica de Eloy Fritsch: ele defende a camada de gasosa que envolve a Terra e nos permite viver: a atmosfera. Pegue sua entrada para um oceano de felicidade! Musea Editorial Review, 2003.

"Landscapes pode ser considerado o sonho realizado dos tecladistas eletrônicos. Em seu último álbum, Eloy Fritsch apresenta onze faixas instrumentais inspiradas nos tecladistas do rock progressivo sinfônico. Fãs de Vangelis, Jean-Michel Jarre, Tangerine Dream e Rick Wakeman (para nomear alguns poucos) devem ter esse álbum. As composições de Landscapes são todas interessantes, muito bem executadas pelo talentoso músico".
ProGGnosis - 2005

... in Savage Fritsch explora o lado atmosférico mudando para o modo clássico, mostrando suas grandes qualidades composicionais... The Garden of Emotions Suite inclui amostras de coral e os Moogs de Synergy e Wakeman entre outros que podem ser ouvidos aqui. O canto fornece definitivamente uma característica única nessa musica bem construída. Uma excelente compilação que é de interesse daqueles que desejam ter alguma coisa de Fritsch em sua coleção. (Electronic Music Magazine # 15 - Nov/2006).

Playlists relacionadas