Imagem de capa de Égide

Égide

Cidade/EstadoCuritiba / PR
Plays9.332plays
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesSueli Azevedo e outros 10 ouvintes
Fã-clubeSueli Azevedo e outros 19 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de A.pistoreA.pistoreGuitarra
Imagem de Ilse ÉgideIlse ÉgideBaixo, Backing Vocal
Imagem de FofoFofoBateria
Ver mais integrantes

Release

Talvez ao serem influenciados e motivados a se aventurarem com uma banda de rock, e para dar certo teria que ser algo diferente, enraizado no bom gosto e É claro... Assim, Apistore já havia iniciado um projeto em 1999 com guitarra e voz, tendo Hany Trudes como vocalista e algumas vezes Fagner Matheo no baixo, mas por pouco tempo e em 2003 é o ano que foi muito importante, porque conheceram Ilse e passaram a tê-la como baixista efetiva, e agora precisavam criar o nome do projeto. Apistore resolveu usar no seu projeto o nome de ÉGIDE, pois na mitologia grega Égide foi o escudo que Zeus utilizou em sua luta contra os Titãs e que lhe dava grande defesa pessoal. O escudo tinha uma figura gorgonica em relevo, o que o tornava amedrontador para seus inimigos. Partindo da ideia mitológica ou, que para ter êxitos e fazer sucesso com a música autoral a ÉGIDE, a principio idealizou a banda a fim de se divertir e fazer boas amizades e uma boa música, na qual fosse bem aceita pela Cena Local de Curitiba, “criar história que fizesse parte da história” e fazer com que os curitibanos passassem a ouvir mais a música daqui, valorizando sua própria arte fosse referência a tudo que já ouvira ou que já tivesse visto... Mas, Apistore já estava cansado de cantar realidades diferentes daquelas que ele convivia onde cresceu movido pela necessidade de se expressar suas músicas próprias sem ter uma bateria convencional, pois ainda usavam bateria eletrônica. Em 2005 Luizinho (Barbatanas) assume as baquetas fazendo parte da Égide e deixando a banda no mesmo ano. Em 2006 a Égide tem oportunidade de retornar aos palcos com João Sales (Inertes heróis, Repossíveis, Pinéia e Shark Attack) e suas influências punks voltadas para o rock alternativo dos anos 80's, e ainda com a participação ilustre de Cristian Letrari nos violões tudo começa a fluir em favor dos égideanos. Um tempo depois Cristian deixa a banda e Hany começa a tocar guitarra base no qual junto com João as músicas ficam mais pesadas. Tempos depois João decide trocar a bateria pela guitarra e em seu lugar Elisson Figueiredo (Inertes Heróis) assume a bateria. João deixa a banda em 2015 e Ana Paula Munhoz (Domperidhona) assume seu lugar. A ÉGIDE participou do projeto Garageira Curitibana em 2011, no qual gravaram o EP com Marcus Gusso no estúdio Toca do Coelho em Curitiba. (Fotos Reglieri Vieira e arte do CD Arianne Cordeiro) Em 2013 foi gravado com entrevista e músicas, o Programa Ultimo Volume da Lumen FM por Marco Stecz, Neri Rosa e Luiz Orta no estúdio Toca do Coelho. Em 2014 gravaram o clipe da música ERA UMA VEZ no Studio Tenda com Mário Oliveira e Lyrian Oliveira vídeo e participaram da 3ª Coletânea de bandas Cena Underground, com a gravação de duas músicas no Studio RG com Edgar K. B. Silva e o clipe da música O VALE DAS SOMBRAS. Em novembro de 2016 a ÉGIDE participou do FECAFE - Festival da Canção da Fazenda Rio Grande, ficando em 1º lugar na Categoria Ineditismo com a música ERA UMA VEZ. Em 2017 gravaram uma entrevista com músicas ao vivo com Paulo Almeida. #Palcoemqualquerlocal.

Playlists relacionadas

Contrate

Hany

(41) 3679 - 5472 | (41) 9894 - 6977https://www.palcomp3.com.br/egide/