Flávia Ellen

EstiloMPB
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays176.100plays
Tamanho
Imprimir

Além De Você

Composição: Flávia Ellen

Todo dia a mesma coisa, tudo pouco original Novidade vem e vai, e no fim é tudo igual Nenhum dia do avesso, natural eu tento ser Eu cresci, tudo mudou, eu não tenho mais poder. Não quero mentiras, não quero mais nada Não quero ter que acordar toda madrugada Por causa de brigas que nunca têm fim Só queria abrir os olhos com você perto de mim. (Refrão) No final de tudo isso, já não agüento mais Me pega, me leva daqui, não volte atrás Me carrega pra bem longe, onde os outros não possam me ver E que todo dia de manhã, não veja ninguém, além de você. Ainda espero um momento em que tudo possa mudar Talvez uma outra estrada, ainda espero você chegar Cansei de juntar meus pedaços ao final de cada dia Cansei de não ter coragem, de ser a própria covardia É difícil quando se tem a intenção de ajudar E em troca receber o desprezo de um olhar O jeito é seguir em frente, tentar fazer o certo E isso fica mais difícil sem você por perto. É ruim ter a impressão de fazer sempre tudo errado Espero que tudo dê certo, com você do meu lado Uma vida nova, um mundo novo, um dia diferente Não é só uma idéia, era o que eu tinha em mente. (Refrão) No final de tudo isso já não agüento mais Me leva, me tira daqui, não olhe pra trás Me carrega pra bem longe, onde os outros não possam me ver E que todo dia de manhã não veja ninguém Além de você.

8.475

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Flávia Ellen

EstiloMPB
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays176.100plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesPatrícia Actum e outros 1.389 ouvintes
Fã-clubeRenato Cesar Arantes e outros 159 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

“Desperta”. O adjetivo ou verbo imperativo não é somente o nome do novo CD da cantora, compositora e ativista cultural Flávia Ellen. É também a forma como ela se entende no mundo e um convite para todos que desejam passar por um profundo processo de autoconhecimento. Para ela, esse processo pessoal e profissional de amadurecimento se deu pela arte e foi desencadeado quando, juntamente com Bia Nogueira, Deh Mussulini e Amorina, fundou o Coletivo Mulheres Criando em 2016.


O Coletivo, vencedor do Prêmio Profissionais da Música 2018 na categoria Projeto Cultural Musical, tem como pauta a promoção da mulher na música e completou 3 anos em 2019. Seu maior mérito foi trazer à tona todas as mulheres que trabalham na indústria musical. Flávia despertou quando entrou em contato profundo com essas mulheres, de quem se rodeou e com quem aprendeu o propósito da arte como política.

Nascida em Belo Horizonte, em 1989, descobriu, ainda criança, o violão. Aos 14, compôs sua primeira música. Mas foi em 2009 que deu início à sua carreira autoral. Desde seu primeiro trabalho, um EP com 5 composições próprias lançado em 2015 e elogiado por Sérgio Santos, Chico Amaral e Déa Trancoso, Flávia Ellen desenvolveu sua música até encontrar uma identidade.
Desde 2011, vem apresentando em centros culturais e teatros da cidade, e participando de programas de rádio e TV, como, por exemplo, Rádio Inconfidência, Rádio Globo, Rede Minas, TV Horizonte, SBT e Globo.

Indicada ao Prêmio Nova Canção (Canal Multishow, 2013), a cantautora participou do quadro Mulheres Que Brilham (Programa Raul Gil/SBT, 2014) e de importantes festivais e projetos de música, como: Festival de Música e Poesia de Paranavaí/PR, Inverno Cultural da Universidade Federal de São João Del Rei, Festival da Canção de Andradas, Descontorno Cultural (Prefeitura de Belo Horizonte - PBH), 1º Festimúsica de São José dos Campos/SP, Sonora - Festival Internacional de Compositoras, Música na Varanda (Cine Theatro Brasil Vallourec), Mostra Sêla e outros.

O trabalho direto com mulheres se tornou o cerne de sua própria arte. Como fruto dessa união, lançou, em 2016, o projeto audiovisual “Canta Comigo?”, em que cantava suas composições e as de suas convidadas em pontos turísticos de BH. Em 2017, Flávia foi convidada pela escritora Laura Conrado a fazer uma música para seu livro. “Na Minha Onda”, lançado pela Globo Alt, originou o axé “Filme de Amor”, que tirou a artista de sua zona de conforto de forma muito divertida.


Sua música passeia pela música brasileira, agregando muitos elementos do pop contemporâneo e do blues. O carisma, a desenvoltura e a facilidade de conexão com o público são suas principais marcas.

Playlists relacionadas

Home