Gabriel Mahalem

EstiloPop
Cidade/EstadoLavras / MG
Plays10.030plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns

Comunidade

OuvintesGabriel Mahalem e outros 6 ouvintes
Fã-clubeGabriel Mahalem e outros 4 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Cresci influenciado por música desde criança. Quando jovem era muito sozinho e me encontrei nas músicas e nos desenhos. Minha família era comerciante e grande parte do tempo eu estava na loja de CD's em frente a loja dos meus pais vasculhando coisas para ouvir. Desde pequeno era apaixonado pro música dance, acho que o gênero nasceu comigo, sei lá. Só sei que desde aquela época minha paixão só cresceu. em 2008 comecei a escrever minhas primeiras canções e só desejava realizar o meu sonho de ser artista. em 2009 conheci um produtor local que me direcionou e com ele tive a chance de criar minha primeira canção que foi Lady Dynamite no fim de 2010. Em 2011 lancei meu primeiro EP intitulado Dustsand Killer, nele vinha tres faixas inéditas, Lady Dynamite, Bad Reputation que seguiu como segundo single do EP e Kill Hitler. Através desse ganhei visibilidade na região pelo estilo diferente de música e assim reconhecido como o mais jovem percursor do gênero eletrônico na minha região. Em 2012 para 2013 demos segmento na criação do álbum de estréia que seria o grande lançamento da minha carreira e assim fizemos. Lançamos em 2012 o primeiro single do disco Doktor Night, canção com influencias de breakbeat, dubstep e música eletrônica. a música foi enviada para uma rádio local que com muito custo entrou na programação, já que a rádio não dava abertura para artistas locais, porém em visão do gênero acabamos conseguindo entrar na lista das faixas por um tempo. Pós esse processo foi lançada a música End of the World em 21 de sezembro de 2012, em busca de expansão de público, aventurei em uma faixa com influências do Rock 'n' Roll com influências de Dance Pop, a canção rendeu uma boa visibilidade para o momento porém após o single tive que dar um hiato na produção do álbum. após um periodo conturbado voltei com Icarus, que foi gravada para ser o novo single do disco após o hiato. O single representava a volta e a liberdade. Icarus foi lançada em agosto de 2013 junto com o anuncio oficial do lançamento do álbum Dark Ages para 29 de novembro de 2013. O single foi o mais trabalhado, apresentado e divulgado dentro do álbum. O álbum Dark Ages trouxe influencias da música alternativa com grande influência de pop e eletrônica, o álbum contem 12 faixas na sua versão standart. no dia 4 de dezembro lançamos o ultimo single que seria extraído do álbum, Lights Low foi escolhida e enviada para as rádios por uma temporada. Em 2014 lançamos o EP Electric Wonderland que fazia alusão ao país das maravilhas porem com uma nova energia, que no caso se referia a minha nova fase de vida em que morava sozinho para fazer faculdade. Alibi foi escolhida como primeiro single do EP, a canção ainda tinha traços do som do Dark Ages porém já em busca de maturidade e crescimento pessoal. no período de lançamento do Electric Wonderland o single Mary Jane foi lançada, música de maior notoriedade entre todas as que lancei até hoje, teve mais de 5000 execuções na primeira semana além de 400 downloads. havia um planejamento para um clipe porem foi vetado pela secretaria da cultura da cidade pois não cederam espaço para a gravação na locação desejada. Depois dessa fase focamos em singles soltos, Karmatopia foi lançada em 2015 trazendo um novo som, mais maduro com uma letra mais romântica e utópica. em fevereiro de 2016 o clipe promocional foi lançado, vídeo gravado, editado e lançado em 26 horas. Participei do programa X-Factor Brasil na edição de 2016, porém não tive sucesso nas audições pela quantidade de pessoas já presentes segundo a jurada, de qualquer forma valeu a experiência. Em seguida do programa, lancei Notívago meu primeiro single em português que teve um clipe lançado alguns meses depois do programa. Atualmente lancei meu álbum Aphrodisiac e gerencio um canal de música no Youtube.

Playlists relacionadas

Home