Gilmelândia

EstiloAxé
Cidade/EstadoSalvador / BA
Plays160.907plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesJenisson De Jesus Farias e outros 108 ouvintes
Fã-clubenelson coelho e outros 51 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

GAME SHOW - Sempre inovando, as apresentações de Gil são um verdadeiro espetáculo. Seguindo a tendência da tecnologia, Gil leva para o palco uma proposta inovadora que mescla efeitos especiais com suas músicas. O projeto é um Game Show, no qual, a apresentação o repertório mistura-se efeitos de imagem e luz que acompanha o ritmo da música.

CONTATOS PARA SHOWS
GPS PRODUÇÕES (71) 9225-8701 / 9924-1440
SHOW@GILMELANDIA.COM.BR

e-mail: show@gilmelandia.com.br
REDE SOCIAIS OFICIAIS
Site: https://gilmelandia.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/gilgilmelandia
Twitter: https://twitter.com/gilgilmelandia
Instagram: http://instagram.com/gilgilmelandia

Verbo embalar sempre esteve associado à cantora Gilmelândia. Com 25 anos de carreira, passagens por vários blocos e músicas que até hoje fazem parte do imaginário popular, essa cantora não se intimidou em meio aos desafios típicos do disputado mercado musical e conseguiu construir uma carreira marcada por uma voz forte e penetrante, um jeito impar de cantar e uma disposição única para levar aos seus fãs a alegria necessária para arrastar multidões por onde passa.
Adepta a inovações e sempre preocupada com as tendências dos universos musical e da moda, Gil moldou uma imagem de cantora alto astral, de bem com a vida, "camaleônica", sempre inovando no visual, criteriosa com seu repertório, consciente do seu papel social e sempre atenta ao poder da palavra emitida em grandes proporções quando se tem um microfone na mão. Sempre engajada em causas sociais, gravou o clipe de seu hit "Bate Lata" com os meninos do projeto social "Pracatum", que é uma escola de percussão para crianças e adolescentes da periferia de Salvador. É também uma das madrinhas da campanha nacional de "Combate ao Abuso Sexual Infantil", que tem rodado o Brasil em eventos de conscientização e prevenção. Esse ano, desfilou no Carnaval de Salvador com o Bloco da Gil, que teve como tema o "Combate ao Câncer de Mama", por ser madrinha da campanha na Bahia. Essas características fazem de Gil uma das artistas mais respeitadas e reconhecidas pelo público brasileiro e a imprensa nacional.
Filha de Joana D’Arc Palmeira e Orlando dos Santos, Gilmelândia Palmeira dos Santos nasceu na cidade de lt Salvador , capital da Bahia . Seu nome é uma junção de Jumelândia, homenagem a uma amiga de sua mãe, com Gil, referente à Barra do Gil, praia da Ilha de Itaparica , onde seus pais passaram a lua-de-mel , tendo como irmãos Angstrom (Tom), Celsius e Flávia.
Apesar de ter passado por uma infância pobre, tendo uma família humilde, Gil sempre nutriu o sonho de ser artista, a contra gosto de sua mãe. Com 5 anos de idade foi morar no circo com seu pai, que era técnico em eletrônica.
Alem dos dotes artísticos, sempre foi ligada ao esporte. Na infância, praticou atletismo, chegando a ter tempo olímpico aos 11 anos. Aos 16, se formou no Magistério e se tornou professora.
Em 1990 , uma vizinha, que sempre lhe ouvia cantar enquanto lavava roupas no quintal, lhe apresentou o músico Tom Caldas. Logo depois, o músico e cantor se tornou seu parceiro musical. Ainda com o impedimento da família, que temia o envolvimento da cantora com bebidas e drogas, Gil passou a cantar escondida em bares e festivais junto com Tom, fugindo de casa para se apresentar. Conciliando com a dupla, Gil integrou outras bandas como Pinote, Jóia (banda) e Laranja Mecânica . Na banda Pinote, foi convidada por Sissi Melo, backing vocal e colega de banda, para gravar a música "Peraê", do compositor Marquinhos Carvalho, marido de Sissi. O compositor mostrou a canção ao cantor Netinho que, na época, procurava uma vocalista para a Banda Beijo, parada desde sua saída em 1992. Netinho se encantou pela belíssima voz de Gil, e a convidou para ser a nova vocalista da Banda Beijo.
Em 1997 , se separou da dupla com Tom Caldas, encerrando sua carreira independente em um último show Lagoa do Abaeté , após assinar com a Universal Music para ser a nova vocalista da Banda Beijo .


"1998 – 2001 - Banda Beijo"

Após contatar Gilmelândia e assinarem com a Universal Music para lançá-la como a nova cantora da Banda Beijo, a gravadora lhe sugeriu que usasse como nome artístico apenas Gil, para melhor compreendimento do público. A cantora passou por nove meses de preparação de canto e dança, além de emagrecer dez quilos e cortar os cabelos longos em forma de cocós (birotes amarrados com fios de arame). O guarda-roupas passaram também por uma transformação, trocando os vestidos colados por calças folgadas, aderindo ainda tatuagens de henna e piercing , compondo um visual andrógino , inspirado na juventude londrina, tendo o novo visual assinado pelo estilista gaúcho Miguel Carvalho .
Ainda em 1998, a Banda Beijo lança seu primeiro álbum com Gil nos vocais, o "Banda Beijo Ao Vivo" em balado pela canção "Peraê", que rapidamente alcançou o primeiro lugar no Hot 100 Brasil , sendo que em outubro a banda estréia sua primeira turnê com a nova formação no Rio de Janeiro . Nessa época Gil ficou marcada pela frase "Não é Banda Beijo? Então tem que ter beijo", incentivando as pessoas a se beijarem no show enquanto cantava o sucesso "Beijo Na Boca", canção dos tempos de Netinho como vocalista. Em 1999, a banda lança seu segundo álbum com a cantora, intitulado "Meu Nome é Gil" e, em 2000 lança o terceiro e último álbum com Gil como vocalista, embalado pelo sucesso "Bate Lata", antes da cantora deixar a banda para seguir carreira solo, aconselhada por seu empresário e pelo cantor Netinho.



"2001 – 2011 - Carreira Solo"

Em 2001 Gil lança seu primeiro álbum solo, " Me Beija", saindo logo com o primeiro single estourado em todo Brasil , a canção "Maionese", alcançando o primeiro lugar no Hot 100 Brasil e tornando-se uma das canções mais executadas do ano. Em 2002 , menos de um ano depois, lança o segundo álbum, Movimento , tendo como maior sucesso do álbum a canção "Miau". Em 2003 a cantora lança seu primeiro álbum ao vivo, trazendo uma releitura da canção "Você Não Me Ensinou a Te Esquecer". Em 2005 voltou ao cenário musical embalada pela canção "Chegou o Verão", presente no álbum " lt O Canto da Sereia". Com esse álbum, foi indicada ao Grammy Latino na categoria "Melhor CD de Musica Brasileira" e ganhou o Prêmio TIM de "Melhor Cantora Popular". Cantando MPB, Gil teve músicas que, na sua voz, fizeram parte da trilha sonora de novelas da Rede Globo e SBT. Músicas como "Vamo Embolando", "Tatuagem" e "Notícias". Gil também cantou a trilha de abertura do verão nacional da Band, com a música "Chegou Verão".
Aos 31 anos, Gil figurou na lista das 31 mulheres mais sexys do mundo com essa idade, de acordo com a revista Playboy. Atestando sua capacidade de se reinventar, saiu de um visual totalmente despojado na Banda Beijo, para o de "mulher fatal" na carreira solo. Figuraram nesse ranking artistas como: Ana Paula Arósio, Angelina Jolie e Jennifer Lopez.
Em 2009, Gil lança um álbum promocional, " Dominado", último trabalho lançado antes da cantora dedicar-se aos vocais da banda Vixe Mainha a partir daquele ano. De 2009 à 2010, a baiana Gil se dedicou à turnê Gilmelândia & Vixe Mainha. E, em 2011, Gil mergulhou num projeto cultural muito bonito chamado "Gil Canta Caetano", que tem como objetivo levar música de qualidade para a massa. Apresentou-se no teatro Castro Alves, em Salvador, com ingressos a um real, a fim de proporcionar à população de baixa renda o acesso à cultura. No show "Gil canta Caetano", a cantora homenageia Caetano Veloso interpretando sua obra de maneira única. Paralelo a este projeto, em 2011, Gil também saiu em turnê com o seu "Game Show" que reúne um repertório pra lá de carnavalesco, com o melhor do axé e seus grandes sucessos. O "Gil Game Show" utiliza a tecnologia interativa para criar um espetáculo de música, dança e participação. O público interage subindo no palco e jogando vídeo game ao vivo no painel de Led, enquanto Gil se apresenta, o que transforma esse momento numa experiência única para os fãs.
Uma artista completa, Gil mostra desenvoltura em outras áreas que também envolvem a arte. No ano de 2009, ela atuou como apresentadora do programa Viva a Noite, do SBT, onde comandou a programação por oito meses, animando as noites dos sábados de muita gente com a sua simpatia e espontaneidade, característicos de sua personalidade. Esse período lhe rendeu muitos convites para que exibisse os seus dotes como apresentadora em transmissões do carnaval de Salvador e carnavais fora de época também. Em 2010, Gil foi a escolhida para substituir Luciana Gimenez no programa Superpop, da Rede TV, durante a licença maternidade da apresentadora.

No carnaval 2012, os fãs da cantora viveram novamente a emoção de curtir a maior festa popular do mundo atrás de um trio elétrico puxado por Gil. Com a proposta de oferecer diversão para o público, por um preço mais acessível, Gil criou o projeto após muitos pedidos de fãs. Apelidado por ela de "um bloco meio da pipoca", o "Bloco da Gil" é direcionado para aquele folião que a grande massa considera "povão". "Foi uma festa linda, para essa galera que aposta no trabalho de nós artistas, por um preço mais em conta, mas com direito a cordeiros, segurança e toda a estrutura de um bloco completo", contou.
Atrelado à diversão, o "Bloco da Gil" tem também uma caráter social. Por ser a madrinha, na Bahia, pela Fundação José Silveira, da luta contra o câncer de mama, Gil estampou, durante o desfile no Carnaval de Salvador, uma campanha de conscientização da doença. Com o figurino chamado "Moda e Atitude", Gil mostrou um dos seios como forma de protesto e de chamar atenção para o combate a essa doença, que mata milhões de mulheres, pelo mundo, todos os anos.
O Bloco da Gil desfilou no circuito Barra/Ondina na madrugada de sexta para sábado no Carnaval 2012.
Atualmente, a cantora se prepara para lançar o seu primeiro DVD e encontra-se em fase de escolha de repertório. O mais novo hit é a musica "Saudade", do compositor Henrique Cerqueira, que acaba de ser lançada e tem arrebatado os corações apaixonados por todo o Brasil.
A agenda de shows continua pelo país e fora dele, onde Gilmelândia leva para os quatro cantos, toda a musicalidade, originalidade, inovação e descontração que fazem dessa baiana, uma das mais queridas e consagradas artista da música brasileira.

Números:
800 Mil Cópias Vendidas
07 Prêmios
45 Fã-Clubes
60 Comerciais de Produtos
02 Programas Nacionais de Tv Apresentados

Playlists relacionadas

Contrate

SHOWS - GPS PRODUÇÕES

(71) 9225 - 8701 | (71) 9924 - 1440http://www.gilmelandia.com.br
Home