GIOVE

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoChapecó / SC
Plays5.499plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesGiove Triches e outros 7 ouvintes
Fã-clubeForro dos Kapas e outros 10 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Juvelino Luiz Triches natural de Pinhalzinho SC, chamado Giove pela mãe por causa da influencia italiana, desde a tenra infância Juvelino ( Jove ). Devia ter sido registrado Jovelino ( daí Jove ), mas por erro de registro ficou Juvelino só descoberto muitos anos após. Em italiano, a grafia é Giove. E esse nome foi adotado nome artístico.
Desde muito cedo, a partir dos 13 anos gostava de música. É um talento artístico nato. Exigiu que seu pai lhe comprasse alguns instrumentos musicais e aprendendo por sua própria observação e audição, conseguiu em pouco tempo formar uma pequena banda com amigos do interior.
Com essa banda apresentaram-se nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, normalmente em pequenas comunidades como acontece com principiantes.
Passada a adolescência a própria exigência social e a educação formal dos pais fez que se adotasse uma ?profissão?, já que a música não daria ?camisa para o homem?.
Trabalhou em função pública estatal durante 10 anos, depois tornou-se empresário no ramo de automóveis, mas com seu espírito inquieto continuou a ter seu violão de baixo do braço e sempre que a oportunidade surgia, Giove aproveitava a ocasião para dar asas a voz e a imaginação.
Passando alguns anos, esteve em Chapecó SC, mais precisamente em 1997 um cantor da cidade de Udine Itália, apresentar-se para motivar o movimento italiano da região e após a apresentação de Dario Zampa os diretores da associação italiana levaram o cantor para jantar e levaram junto Giove que após, iniciou cantar músicas de Raul Seixas e empolgou a platéia.
Nessa noite Giove encontrou-se com o Professor de Italiano Flávio Luiz Pansera que estava presente e declarou que seu desejo era gravar um CD de músicas italianas, mas precisava corrigir as músicas, e fazer alguns arranjos, bem como traduzir músicas de Raul Seixas para o italiano.
Pansera e Giove acertaram como fazer e passo seguinte iniciaram as traduções e correções das músicas para o primeiro CD, e no ano de 1998, mês de outubro, Giove lançou o CD GIOVE LA MIA STORIA.
Esse primeiro CD consta de 12 músicas italianas dos anos 60, 70, 80 e 90, é uma música folclórica italiana ?Mérica?, portanto contemplando várias décadas e vários gostos musicais, incluindo duas músicas de Raul Seixas: Paura della Pioggia (medo da chuva) e Ghita (Gitá), atingindo por conseguinte várias faixas de idade e classes sociais.
O objetivo maior tanto do autor Giove e do Professor de Italiano Pansera foi o de resgatar a cultura italiana que sofreu uma grande decepção e decadência nos idos tempos de Getúlio Vargas, quando proibia literalmente que estrangeiros, sobretudo Italianos e Alemães, na sua maioria, falassem suas línguas pátrias, já que o Brasil estava em guerra contra Alemanha e os Pracinhas brasileiros foram combater na Itália. Havia medo de que esses ?estrangeiros? enviassem alguma mensagem ao exterior, dando posições brasileiras a cerca da guerra. Essa brava gente na verdade queria só e tão somente plantar grãos para tirar da terra o sustento de suas pobres famílias que saíram da Europa em estado de pobreza ou de miserabilidade. Com a proibição do falar língua ? mãe, muitos oriundos de italianos foram presos e perderam totalmente o contato com sua pátria ? mãe, depois perderam a linguagem e aos poucos perderam costumes e folclores.
Para que uma cultura tão próspera, bonita, envolvente, poética, lúdica e musical não se perca para o todo sempre, fora elaborado esse trabalho de resgate cultural pretendendo-se dessa forma reencontrar na música as raízes culturais de um povo que tanta contribuição deu ao Brasil.
Com o espírito ainda inquieto, Giove começa a compor músicas para seu segundo CD. Em fevereiro de 2001 inicia as gravações, foram sete meses de trabalho e dedicação para apresentar ao público um produto de boa qualidade e muito bom gosto. Neste segundo CD intitulado ?UN VERO AMOR? Giove apresenta músicas de sua autoria como: UN VERO AMORE, BELLA BRUNA E BUON GIORNO BRASILE. Essa ultima fazendo uma homenagem ao seu bisavô contando a sua história.
Em meio as suas composições em italiano também surgiram muitas músicas em português e, a pedido de seu público, em 2002, Giove decide gravar seu terceiro CD. Com o título: ?DUE PATRIE E UN COURE? (Duas pátrias e um coração), em português e italiano, o qual foi muito bem recebido pelo público, sendo todas as faixas de sua própria autoria.
No ano de 2003, devido a valorosa aceitação de suas composições em Português e o sucesso obtido em toda a Região, GIOVE recebe incentivo do público e de pessoas ligadas aos meios de comunicação para que, com muita dedicação revelasse mais uma vez seu talento e se colocasse a prova com um trabalho todo em português sendo todas as músicas de sua autoria, lança seu quarto CD, intitulado ?ELES ESTÃO VOLTANDO? o qual já esta rodando nas Rádios da Região e prometendo muito sucesso.
Em meados de 2005 Giove sente a necessidade de fazer um resgate histórico da região e decide realizar um CD com 11 faixas, sendo que todas de sua autoria. Relatando e exaltando a história e a cultura do homem da região Oeste Catarinense, dando ênfase ao inicio da colonização até os dias atuais. Incluindo o trabalhador rural, os balseiros, madeireiros, caboclos nativos da costa do rio Uruguai, e outras tantas profissões que fizeram de Chapecó e o Oeste Catarinense este grande potencial econômico.
Em 2007 finalmente lança seu 5º CD intitulado ?SONHO DE GURI? a música de maior sucesso é a música intitulada ? FIZ UMA CASINHA?, que fala da vida simples de um caboclo ribeirinho do rio Uruguai. O 5º CD é uma mescla de estilos, desde Sertaneja de Rais, Nativista, Romântica e Pop-Rock.

Playlists relacionadas

Home