GrooVI

EstiloReggae
Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays5.603plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintes e outros 562 ouvintes
Fã-clubeMiriane de Jah e outros 2 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Fernando CatatauBateria
Saulo PinheiroBaixo
WicoGuitarra
Ver mais integrantes

Release

Guiados pelos ensinamentos de Rastafari, a GrooVI surge em 2010 no formato backingband, acompanhando diversos cantores da cena Reggae, Rap e Black Music no Sul do Brasil. A Sigla VI é uma menção às Ilhas Virgens do Caribe onde estão radicados vários artistas que serviram de referência para a identidade musical da banda. Em seis anos a banda participou de vários projetos culturais e sociais, além do suporte para mais de 30 cantores nacionais e internacionais.
Em 2016 a GrooVI realizou a gravação do seu primeiro trabalho autoral "Raízes e Cultura", evidenciando as composições de Amani SeeaRasta, que assumiu os vocais da banda, tendo como integrantes Fernando Catatau (bateria), Saulo Pinheiro (baixo), Amós Pachamama (teclados), William Artuso (guitarra) e Ras Vicente (Teclados). O projeto foi lançado em formato audiovisual, com performance ao vivo, gravado no Estúdio Soma, apresentando as principais faixas do disco.
Ainda em 2016 a GrooVI participou de um dos maiores concursos de bandas do Brasil, o programa Superstar da Rede Globo. Selecionada entre mais de 5000 bandas inscritas, a GrooVI ficou entre as 20 melhores colocadas, ampliando o alcance de sua música e levando seu Reggae para todo país. Em 2017 a banda participou do WebFestvalda no Rio de Janeiro e realizou a gravação audiovisual do show "Raízes e Cultura", captado ao vivo no Bar Opinião em Porto Alegre. O evento contou com a participação da cantora Dezarie, referência mundial do gênero Reggae.
O primeiro álbum da GrooVI chegou em 2018, coroando um ciclo de crescimento e intensa troca com seu público. O disco "Raízes e Cultura" faz um resgate ancestral e espiritual através da música Reggae. Fazem parte desse trabalho duas canções inéditas gravadas em parceria com o renomado selo internacional Zion I Kings que convidou a banda para gravar dois riddims que têm também versões de cantores como AkaeBeka, Lutan Fyah e Pressure. O álbum conta com uma sessão Dub com versões exclusivas de DigitalDubs e Júlio Porto, seguindo os grandes discos do gênero.

Playlists relacionadas

Home