EstiloSertanejo
Cidade/EstadoBoituva / SP
Plays812plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesRepublica Sertaneja e outros 1 ouvintes
Fã-clubeRICARDO AUGUSTTO e outros 2 fãs

Comentários

Filtrar Por:
TIAGO DE ALMEIDA Percussão, Banjo, Backing Vocal
TIAGO DIASViola Caipira, Voz, Violão
RAFAEL PASTINIViolão, Guitarra Solo
Ver mais integrantes

Release

A banda surgiu de um acaso, eu Tiago percussionista na época, apareceu uma oportunidade de cantar em um barzinho onde a filha do dono se propôs de cantar
eu tocava violão mais meu instrumento era percussão
no momento a unica pessoa que veio na cabeça foi o Rafael e fiz o convite e ele aceito foi engraçado que ele nem fazia ideia de que era no dia da apresentação
nos apresentamos foi no improviso mas foi legal.
Ficamos um tempo sem tocar e nesse meio tempo conheci o Tiago Dias
o qual eu já tinha ouvido falar por intermédio de outras pessoas próximas mas nunca tinha conhecido pessoalmente.
Foi onde ele mostrou sua habilidade com a viola e ai novamente fiz contato com o Rafael falando que tinha conhecido um carinha que cantava bem porem não tocava violão (ainda pois aprendeu de um dia pro outo rsrs) e começamos a ensaiar e se apresentar como Banda Youngs com repertório variado como sertanejo e rock pop.
As apresentações foram ganhando força, começamos a fazer bastante Shows, e começaram a vir convites grandes para nossa formação
que era acústica.
Nossa necessidade naquele momento foi de um teclado onde ganharíamos nos arranjos musicais, pensei um pouco e a unica pessoa que vinha na mente era o Clodoaldo, que eu ouvi falar que tocava, porem eu nunca tinha visto.
Fizemos o convite ensaiamos e ficou bom, e continuamos a ser reconhecido pela evolução.
Foi onde teve a necessidade de mudança no meu instrumento eu tocava Cajon(instrumento de origem Peruana, percussivo) e migrei para bateria eletrônica.
Uma mudança pra mim radical, pois eu não havia tocado o gênero sertanejo na bateria antes.
Nessa hora criou-se a identidade e o Grupo República Sertaneja surgiu onde queríamos dar um ar de Sertanejo Universitário e mostrei
interesse da palavra República foi onde todo o grupo montou o quebra-cabeça e surgiu.
E recentemente devido a necessidade técnica entrou o Mario no contrabaixo, para abrilhantar ainda mais.
Temos varias composições que na Realidade o compositor e letrista é o Rafael, onde ele faz as letras da a melodia, e juntos nos
fazemos o arranjo.No momento tocamos duas musicas próprias Sair pra curtir e Ela é D+, Sair pra curtir é a nossa música de Trabalho, temos proposta para gravar em breve em alta resolução.

Playlists relacionadas

Home