Imagem de capa de Grupo Teresa
Grupo Teresa

Grupo Teresa

EstiloSamba
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays20.388plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns

Comunidade

OuvintesWilsomfelixpedrosa e outros 273 ouvintes
WilsomfelixpedrosaWilsomfelixpedrosaWilsomfelixpedrosaWilsomfelixpedrosaWilsomfelixpedrosa
Fã-clubenilton neves e outros 13 fãs
nilton nevesnilton nevesnilton nevesnilton nevesnilton neves

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Paloma AlvesPaloma AlvesPandeiro, Percussão, Backing Vocal
Imagem de Fernanda RégilaFernanda RégilaPandeiro, Percussão, Cavaquinho, Backing Vocal
Imagem de Natália PessoaNatália PessoaVoz, Violão, Cavaquinho
Ver mais integrantes

Release

Fundado em 2010, o Grupo Teresa, banda mineira de samba e pagode, é formado somente por mulheres, tanto na parte artística, quanto na gestão e produção, afirmando o lugar das mulheres nesse estilo musical.

O trabalho do Grupo Teresa mescla a tradição de resistência feminina presente nas manifestações de matriz africana com a resiliência e inventividade da juventude no nosso tempo.

Natália Pessoa, Fernanda Régila, Flávia Cardoso e Paloma Alves dão continuidade à história do samba com muito amor e responsabilidade, com produção de Zaíra Magalhães.

PALCOS

O show do Grupo Teresa é recheado de sensações. Suas canções autorais são variadas: samba, ijexá e pagode são ritmos presentes nas composições da banda, que passeiam por diferentes referências em suas criações. Ainda, releituras de sambas atemporais são apostas para os palcos, sempre privilegiando músicas que foram escritas e interpretadas por mulheres.

TERESA COM S DE SAMBA

O nome Teresa, escrito com S, de samba, faz referência à corda formada por pedaços de tecido, geralmente usada na fuga de pessoas aprisionadas, remetendo à força que resulta da união de partes que, individualmente, não têm a mesma potência. É uma analogia para a ideia de que, juntas, somos mais fortes e livres.

TRAJETÓRIA

Em sua trajetória, Teresa passou por palcos de festivais e casas de shows em Minas Gerais, com destaque para a abertura do show do rapper Criolo, em 2018, a conquista do segundo lugar no Todos os Sons - Festival da Canção de Itabirito, com a música Beijo de Amor, em maio de 2019, além da participação no 49º Festival Nacional da Canção, com a música Sol e Chuva, ficando entre os 24 semifinalistas de 2019.

TERESA FAZ 10

Em agosto de 2020, em comemoração aos 10 anos da banda, Teresa realizou uma live recheada de sucessos do pagode anos 1990 e 2000, com músicas dos grupos Molejo, Raça Negra, Katinguelê, Soweto, Só Pra Contrariar, entre outros.

A CADA ESQUINA

Em 2021, a banda lança seu primeiro álbum autoral, intitulado A cada esquina uma breve história sobre formas de amar, com 14 faixas que falam sobre o amor e suas diversas possibilidades: hétero e homoafetivo, monogâmico, não monogâmico, amor que termina pra dar lugar a um novo, o sentimento que fica, o amor próprio.

Playlists relacionadas