Idson Ricart

Idson Ricart

EstiloRegional
Cidade/EstadoFortaleza / CE
Plays183.711plays
Tamanho
Imprimir

E Nu, Nasce ou Não?

Composição: Idson Ricart

Eu vira um país cheio de piranhas De um povo alienado e contente Ladrões em liberdade nos seus jatos fugiam E lá fora, gastava o dinheiro dessa gente Se os senhores deste estado nos dessem a igualdade Com certeza o real seria um povo forte Mas existem políticos safados Destinando as nossas vidas à própria sorte Mátria mamada ao dólar atada Salve se quem puder! Alguns de um sono imenso e outros sóbrios De passos curtos um dia a gente aprende Que em teu famoso chão de donos sórdidos Importa o futebol que a gente entende Gingante pela propina avareza É bola, é festa e pobre rói o osso. Se no presente espalha a malvadeza Terra atolada O gringo riu de tu brasil Mátria mamada Pros filhos destes migalhas o mão hostil Mas o dólar subiu. Deitada és terna amante em beijo esplêndido Em pé não se segura um só segundo Fugaz abriu as pernas pro mercado estrangeiro E levou pau por trás Pro povo do velho mundo Deixaram a nossa terra cara Em carne viva E os bisonhos índios fracos e sem cores A nossa mata destruída E nossas vidas em completos dissabores. Mátria mamada ao dólar atada A selva salve! Mas temos um humor explícito e o símbolo É labaredas que esquenta ovos estrelados Mas diga ao ver um louco em tua fórmula Transformar o futuro em matéria prima do passado. Pois envergaram a justiça aos banqueiros Não um filho teu que só labuta Quem tem é quem te rouba mais dinheiro Terra atolada O gringo riu de tu brasil Mátria mamada Pros filhos destes migalhas o mão hostil Mas o dólar subiu.

5.730

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica