Irmãs Freitas

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoGoiânia / GO
Plays682.894plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

Ouvintes e outros 714 ouvintes
Fã-clubeMoisés Santos e outros 52 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

A dupla sertaneja “Irmãs Freitas”, foi formada em 1976 pelas irmãs: Ilda de Freitas Machado “Ana Lúcia” e Alice de Freitas Machado “Luciana”, ambas naturais da cidade de Taquaral – GO, filhas de Maria José Pereira e João de Feitas Machado, que foi um dos principais compositores das músicas do repertório das “meninas”, como ele carinhosamente as chamava.

Em 1978, com apoio de seus irmãos “André e Andrade”, dupla que na época já estava consagrada perante o público sertanejo brasileiro foram levadas para São Paulo para gravarem seu primeiro LP pela gravadora “RDG”. Esse LP tem o título de “Canoeira do Araguaia”. Foi a estreia das Irmãs Freitas, no disco. Nos dois anos subsequentes gravaram mais dois álbuns pelo mesmo selo, sendo o segundo LP, intitulado “Velha Cuiabá” e o terceiro, intitulado “Carro Branco”.
Em 1980, foram contratadas pela gravadora “Chantecler”. Lançaram o quarto álbum (sendo o primeiro pela Chantecler) intitulado “Borboleta”, álbum sertanejo que foi o mais vendido da gravadora naquele ano, quando venderam mais de 250.000 Lps , sendo premiadas com o cobiçado troféu DISCO DE OURO.

Em 1981 gravaram o quinto álbum de suas carreiras pela Chantecler, intitulado “A Filha que Volta”. Em 1982 o sexto álbum intitulado “Vestido Branco” e em 1983, o sétimo álbum da carreira intitulado “Pobre Menino Rico”.

Nesse mesmo ano, passou a integrar ás Irmãs Freitas, a prima das mesmas, Cerízia Luciano Sampaio, a “Ana Paula”, natural de Petrolina-GO., filha de Murilo Correia Sampaio e Maria Luciano Sampaio .
As Irmãs Freitas já com Ana Lúcia, Luciana e Ana Paula gravaram pela Continental em 1984, o oitavo álbum de suas carreiras, intitulado “Palavra Adeus”.

A partir de 1985 lançaram mais dois Lps pela Continental, intitulados “Índia Morena” (nono álbum da carreira) e “Pássaros Feridos” (décimo álbum da carreira), todos com a mesma tiragem dos discos anteriores oscilando sempre para mais ou para menos com diferenças mínimas. Participaram ainda pela Chantecler, da gravação de um dos Lps mais vendidos no Brasil, o álbum “Os Medalhões” com a música “ Velha Canoa ” onde gravaram juntamente com grandes nomes de nossa música sertaneja, tais como: Tião Carreiro & Pardinho, Milionário & Jose Rico, Mato Grosso & Mathias, Chitãozinho & Xororó, João Mineiro & Marciano, Christian & Ralf, Cezar & Paulinho e outros.

Em 1990, as Irmãs Freitas assinaram contrato com a gravadora “RGE” onde gravaram um dos grandes sucessos de suas carreiras, seu décimo primeiro álbum intitulado “Pedido á Santo Antônio”.

Em 1993 foram contratadas pela gravadora “Lazer”, um selo da rede Globo, onde gravaram então, seu primeiro CD, inovação do mercado fonográfico, seu décimo segundo álbum, intitulado “De Carona com a Saudade”

Em 2007 já com dezenas e mais dezenas de sucessos sendo executados pelas emissoras de rádio do Brasil inteiro, gravaram pela “Anhanguera Discos”, o CD intitulado “Do Brasil Ao Estrangeiro” décimo terceiro álbum da longa e vitoriosa carreira.

Durante sua jornada artística, as Irmãs Freitas participaram de grandes promoções dos meios de comunicações, entre Rádio e Televisão. Radio Record de São Paulo, no programa “Linha Sertaneja Classe A”, no comando de Zé Bétio e Zé Russo, e, outros programas como “Na Beira da Tuia” com a dupla Tonico e Tinoco e programas de televisão como “Clube do Bolinha” com Édson Curi, “Rincão Brasileiro” TV Bandeirantes com Vera Lúcia e Oliveira Filho, “Canta Viola” com Geraldo Meireles , “Especial Sertanejo”, com Marcelo Costa e Raul Gil na TV Record, “Viola Minha Viola” com Inenzita Barroso, na TV Cultura, “Som Brasil” com Lima Duarte TV Globo, “Brasil Caipira” na TV Cultura com Luiz Rocha , “Frutos da Terra” na TV Anhanguera com Amilton Carneiro, “Programa Na Beira da Mata ”, Rádio e Televisão “Brasil Central”, com João Veloso, “Músicamp” com Cristina Rocha, Sérgio Chapelin, e “Eliana Camargo” no Canal do Boi, “Amigos do Teodoro” na TV Record e TV Bandeirantes, Rádio difusora de Goiânia no programa “Tarde Premiada” com Eduardo Ferreira, “Mourão da Porteira ”com Claudino da Silveira, “Ao Som da Viola” com Capitão Reizão e Sirlei Lucas , entre outros.
Irmãs Freitas participaram do Festival da Rádio Record, com Zé Bétio e Zé Russo em 1982.

Em 2011, as Irmãs Freitas, já com a formação definitiva de Ouriana & Luciana lançaram seu décimo quarto álbum, CD independente intitulado “Irmãs Freitas e Convidados”.
Atualmente a carreira artística das ”Irmãs Freitas” está consolidada, com a presença marcante de uma nova integrante: Ouriana Siriano de Freitas Machado “Ouriana”. Nascida na cidade de Jataí, filha de Ourival Siriano da Silva da dupla “Ourival Siriano e Sansão” e Alice de Freitas Machado “Luciana”. A mais nova integrante das “Irmãs Freitas” nasceu no berço da música sertaneja e traz consigo um forte vinculo com a música raiz, por ser sobrinha e afilhada da famosa dupla “André e Andrade” e neta do violeiro, catireiro, folião e compositor João de Freitas. Ouriana canta ao lado de sua mãe Luciana das Irmãs Freitas, e, a dupla atualmente é formada por mãe e filha.
Ouriana teve participação no CD intitulado “Do Brasil ao Estrangeiro”, do MP3 com 160 músicas intitulado “Me Leva” que inclui todo o trabalho da dupla. As irmãs Freitas (Luciana & Ouriana) participaram do CD de Folia de Reis de Luiz Carlos com as músicas intituladas “As sete Dores de Maria” e “Passagem das Coroas”. Do CD “Marrequinho - 50 Anos de Música”, com a música intitulada “Endereço Dele”.
Luciana & Ouriana (Irmãs Freitas) tiveram participação no DVD de Di Paullo e Paulino, DVD de André & Andrade e no DVD do acordeonista Tostão.

O mais recente trabalho das Irmãs Freitas (Luciana & Ouriana) é o CD “Parabéns Querido”. Volume XV, que tem participações especiais de Di Paullo & Paulino e de Ana Lúcia.

Luciana, 2ª voz, líder e titular absoluta, está presente em todas as formações e em todas as gravações feitas pelas Irmãs Freitas, hoje com formação definitiva entre mãe e filha.
Ouriana, ao nascer trouxe com ela uma belíssima 1ª voz e um imenso poder interpretativo que nada fica a dever às suas antecessoras. A atual formação das “Irmãs Freitas” Ouriana & Luciana, é inconteste predestinação e a concretização de um sublime PROJETO DE DEUS.
Enfim, as “Irmãs Feitas” Luciana, Ana Lúcia, Ana Paula e Ouriana escreveram seus nomes numa página do grande livro da história da música sertaneja.

Playlists relacionadas

Contrate

De Paula Produções

(62) 3204 - 2434https://www.palcomp3.com.br/irmasfreitasoficial/