Imagem de capa de Isadora Marins
Isadora Marins

Isadora Marins

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoSão Gonçalo / RJ
Plays60.200plays

Música em destaque

Comunidade

OuvintesAntoniogomes e outros 17.783 ouvintes
AntoniogomesAntoniogomesAntoniogomesAntoniogomesAntoniogomes
Fã-clubeVitória Santos e outros 17 fãs
Vitória SantosVitória SantosVitória SantosVitória SantosVitória Santos

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

'Quando o álcool acabar' promete embrazar a noite da mulherada
A música, mistura de modão sertanejo e funk, é o mais novo trabalho da cantora Isadora Marins


Saudade de aglomerar com as amigas, não é minha filha? Estamos em plena pandemia e não pode.
Mas na música de Isadora Marins, pode. 'Quando o álcool acabar' é o mais novo sucesso da cantora, que será lançado nas principais plataformas digitais no próximo dia 28. Com uma pegada de funk e modão sertanejo, o trabalho promete embrazar quem ouvir.
E para contar essa história foi rodado um vídeo incrível produzido por ninguém menos que Kondzilla, a maior produtora de videoclipes de funk no Brasil e que tem em seu casting mais de 100 artistas, entre eles Lexa, MC Fioti e Kevinho.
A música foi escrita por Isadora Marins e seu produtor, Luo Campanelly, que além de compositor, foi quem produziu a música.
"O que eu quero é embrazar
Ouvindo o funk tocar
E só vou sair de lá
Quando álcool acabar, quando o álcool acabar
O que eu quero é embrazar
Ouvindo o modao tocar
E só vou sair de lá
Quando o álcool acabar, quando o álcool acabar"


As gravações aconteceram num final de semana em São Paulo
"A locação foi em uma casa maravilhosa onde simulamos uma festa. Foram várias trocas de figurino e muitas horas de gravação. Foi cansativo, mas incrível", comemora a cantora, sem conseguir disfarçar a ansiedade pelo lançamento do hit.
Isadora conta que a inspiração para 'Quando o álcool acabar' vem dela mesma, das amigas e das mulheres que hoje são livres para decidirem como gostam de se divertir.
Festeira, a cantora diz que só não bebe, mas que tem amigas que gostam. "Se divertir é muito bom, quem não gosta? E tem gente que é assim: só sai do lugar depois que o álcool acaba", diverte-se a dona da voz de 'Amor covarde' e 'Casal ioiô', que já são sucessos.
Atenta ao momento pelo qual o mundo está passando, em especial o Brasil, devido à pandemia do novo coronavírus, Isadora sabe que nem tão cedo fará shows presenciais, no entanto, a artista tem uma certeza.
"A música tem uma pegada muito dançante então, mesmo em casa vai dar para embrazar", promete ela. "E, e essa gíria vai pegar. Vai virar sinônimo de farra, festa, diversão", completa a artista, que manda um recado muito importante.
"Vamos nos divertir com responsabilidade, pessoal. Se beber, não dirija".










Playlists relacionadas