K-57

EstiloHardcore
Cidade/EstadoItabira / MG
Plays3.855plays

Comunidade

OuvintesWilliam Roberto de Oliveira e outros 7 ouvintes
Fã-clubeAlexandre Bihl e outros 19 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Dério de CarvalhoDério de CarvalhoVoz
Imagem de Bruno RochaBruno RochaBaixo
Imagem de André LuizAndré LuizGuitarra
Ver mais integrantes

Release

A banda K-57 iniciou suas atividades em Dezembro de 2003, quando os primos André Luiz (Guitarra) e Bruno Rocha (Baixo) resolveram fazer um trabalho juntos. O tom de amizade fez com que convidassem o Dério de Carvalho (Vocal e Compositor) e o Tiago (Bateria) para tocar covers de Blink 182, Greend Day, Sum 41 e CPM-22. Com as mais variadas influências, calcadas principalmente no Hardcore e Rock nacional, o K-57 passou a investir em material próprio. A banda compõe em português, com riffs de guitarra e letras que na maioria delas discutem o relacionamento humano adicionando estilo próprio á sonoridade do Hardcore.

O K-57 tem como objetivo principal atingir o público jovem. Além de letras que tratam o relacionamento humano, há composições divertidas que falam sobre temas relacionados à fase adolescente da vida. Levando sempre um ótimo público em seus shows, a banda já é considerada a melhor da região no estilo hardcore, com uma ótima presença de palco, chamando a atenção com suas coreografias egocêntricas, tornando o show mais divertido e com grande interatividade com a platéia.

Em agosto de 2005, os quatro integrantes do K-57 começaram a colher os primeiros resultados de muito trabalho e esforço dedicados à banda, quando conquistaram, com a música “Do jeito que eu sonhei”, o troféu de “Melhor Público” na categoria música eleita pelo voto popular, do I Festival do Aço Música e Cultura, realizado pela Rádio Alternativa FM de João Monlevade - MG. A conquista desse troféu trouxe reconhecimento para Itabira no cenário musical da região e colocou a música premiada em primeiro lugar, dentre as mais pedidas pelos ouvintes, nas paradas de sucessos das rádios da cidade.

Porém, mesmo com tanto sucesso, em janeiro de 2006 o baterista Tiago decidiu priorizar os estudos e deixar a banda, o que trouxe um novo componente para o K-57: o Ronan Fabrício. Desde então, as músicas de autoria própria vêm se mantendo entre as mais tocadas e o grupo tem se preparado para inúmeras matérias e entrevistas agendadas em programas de rádio e televisão.

A colheita não parou por aí, depois de “Do jeito que eu sonhei”, foi a vez da música “Difícil de entender” garantir o sucesso do K-57 nas rádios da região e também em outros estados como SP, ficando dois meses seguidos em 1º lugar das 10 músicas mais pedidas pelos ouvintes o que levou a gravadora JTRecords á tomar conhecimento sobre a banda.

Já em 2007, contratados pela gravadora, o K-57 adotou mais um componente: o Diego Souza. Um guitarrista de apenas 18 anos de idade, mas que tem muita bagagem e experiência adquirida com a própria banda quando ainda fazia shows apenas como free lance do K-57.

A banda agora se prepara para a nova fase, o lançamento do 1º CD. Gravado e mixado no estúdio da própria JTRecords, o CD intitulado “Bem Perto de Um Lugar Distante” contém 12 faixas sendo todas de autoria da banda e será distribuído em todo o Brasil, prometendo assim ser uma grande revelação mineira do hardcore nacional no ano de 2008.

Playlists relacionadas

Contrate

Bruno Rocha

(31) 8777 - 5148 | (31) 8839 - 5287http://www.k57.com.br