karnificina

Cidade/EstadoBebedouro / SP
Plays717plays

Comentários

Filtrar Por:

Release

O Karnificina foi fundado em 1.996, em Bebedouro, interior de São Paulo. Nesta época, a banda fez seus primeiros shows e, a cada show, mais pessoas se identificavam com suas músicas e letras. À medida que as pessoas iam se interessando pelo trabalho, mais shows começavam a aparecer e, em poucos meses de existência, o Karnificina já havia se apresentado em quase todas as cidades da região.

Em 1.997 o Karnificina grava sua primeira demo-tape, intitulada ?Desejo de Matar?. A fita continha quatro músicas, nas quais a baixa qualidade da gravação era compensada pela fúria e energia da banda. O som, na época era um hardcore fortemente influenciado pela cena de Nova York (estilo Sick Of It All, Agnostic Front, Cro-Mags,etc), além de pender para os heróis da cena nacional (Ação Direta, Inocentes, RDP).

Em 1.999 o Karnificina grava sua segunda demo-tape, ?Chapado?, que conta com três músicas, incluindo a primeira versão de ?Hoje?, uma das preferidas do público nos shows até atualmente, e que foi regravada para integrar o primeiro CD. A influência do metal fica mais perceptível neste trabalho, mas o espírito hardcore ainda predomina.

Os primeiros shows grandes começam a aparecer. A banda é convidada a abrir um dos shows de Marky Ramone, em turnê pelo Brasil com sua banda The Intruders. Sendo todos os integrantes fanáticos por Ramones, esse show foi, com certeza, um dos pontos mais altos da história do Karnificina. Poucos meses depois, outra grande oportunidade, a abertura do show dos Raimundos, em Ribeirão Preto/SP, a primeira experiência da banda em um estádio, na qual se apresentou para cerca de 7.000 pessoas.

Em 2.000, após uma seqüência de shows memoráveis, entre eles a abertura de um show do ?ecológico? Planet Hemp na cidade de Monte Alto/SP e a abertura para o Ação Direta na cidade de Araraquara/SP, a banda resolveu se fechar em seu local de ensaio para compor as novas músicas que posteriormente iriam integrar o primeiro CD.

Em 2.001, a maioria das músicas estavam em fase de finalização. A influência do metal fica mais marcante, apesar de manter a agressividade hardcore e groovies pesados, algo constatado no single ?Mão Direita da Desonra?, disponibilizada na Internet, em Mp3, que permaneceu por vários meses como ?MP3 - Destaque do mês? no site da revista Dynamite.

Como continuidade, foi lançado o primeiro single oficial da banda, chamado ?Número Um?, que continha além desta música, bônus com versões demos das músicas ?Hoje? e ?Mão Direita da Desonra?. Este single foi muito elogiado pela crítica especializada, tendo como destaque a resenha publicada na Seção Demo Assault da revista Rock Brigade de Outubro de 2.002 (edição no 195), a qual assim destacou: ?... a banda detona sem concessões um crossover muito bem feito, com gravação excepcional, letra bacana e uma execução respeitabilíssima, repleta de peso ...?

Em Julho de 2.002 a banda finalmente entrou em estúdio para gravar o primeiro CD, ?Histórias de Violência?, composto por dez músicas, duas delas gravadas pelo guitarrista e gênio da programação J.C. Balieiro (da banda Mr. Ego).

A demo deste CD (sem as duas músicas produzidas por J.C. Balieiro) foi altamente elogiada pela Rock Brigade do mês de Abril de 2.003 (edição no 201), onde foi enunciado: ?... O que parecia um crossover se multiplica por inúmeras influências e referências, mas mantém a banda com um pé no heavy (o instrumental) e outro no punk (os vocais). E a isso se soma uma produção do mais alto nível e uma performance irrepreensível...?

Playlists relacionadas

Contrate

Fabrício

(17) 3343 - 3490 | (17) 8811 - 2650https://www.palcomp3.com.br/karnificina/
Home