Imagem de capa de Kbocodoido  Nos Corre Loko
Cidade/EstadoFortaleza / CE
Plays128plays
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesGerriadrianosilvarocha72 e outros 3 ouvintes
Fã-clube e outros 0 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

Nos Corre LoKo

Nossa gente é conhecida pela a riqueza existente no linguajar usado quase sempre nos contos e historias, além da busca de uma identidade cultural e marcante bem como no reconhecimento de nossos artistas consagrados e anônimos, cordealistas, cantadores de viola, poetas entre muitos outros que promovem um verdadeiro cenário cultural.
O projeto Nos Corre Loko, é a tradução do sentimento invocado no sangue Nordestino, sentimento esse, de quem busca mudar sua realidade, transformar seu o mundo, podendo olhar ao seu redor de forma coerente, e sentir que um sonho só é um sonho quando se corre em busca do mesmo, e se torna real quando vive e aprende com as dificuldades que nos arrodeiam. Mesmo atropelando um pouco a gramática, pedindo licença pra poder expressar esse sentimento vivido a mais de dez anos o projeto “NOS CORRE LOKO” é Rap misturando o Repente e os Beats do Hip Hop, versados com uma poética contundente e informativa além do entretenimento e da diversidade musical, assim como o Samba, Brega, Forró, á Embolada e o Maracatu.
É o Rap do Hip Hop, buscando referências no que diz respeito à música e seus autores e criadores, bebendo da fonte onde as raízes resistem até os dias de hoje, trazendo um Balaio de Rimas, pra Distorcer o Distorcido, este nada mais é do que o trabalho musical do Rapper Kboco Doido, e de vários aliados que também vivem na peleja de um mundo distante mercadológico do Hip Hop Mundial, e embora nossa realidade seja outra, vivemos um momento único no Brasil, um movimento que debate, reivindica, discute os problemas junto à sociedade e que traz através de seus elementos artísticos oportunidades e uma troca de experiências de vida, na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.
Em Verso, Prosa e Poesia o Rapper Kboco doido vem cantando o Ceará e representando as periferias de Fortaleza em suas rimas, se tornando um Militante atuante não só na música mais também na luta diária pelos os direitos e deveres da sociedade e principalmente da juventude, uma Luta que passa de Dez anos de muita correria e movimentação além das oficinas e palestras, trabalhos em algumas Rádios na locução e produção de vários programas de Hip Hop, tais como na extinta Mandacaru FM 98.5.

“Na fala de quem não se cala o Rap é munição,
Na ponta da caneta os versos de superação.
Na palavra cantada falada e bembolada,
Sentimento mais nobre que nasce dentro da alma. ”

Playlists relacionadas