Lucas Avelar

EstiloMPB
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays260.266plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesLucas Avelar e outros 413 ouvintes
Fã-clubeNilson De Almeida Almeida e outros 65 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Lucas AvelarVoz
João de PaulaBateria
Reginaldo CostaBaixo

Release

Talento Reconhecido

Lucas Avelar lançou "O Bicho que mora na gente" em 2008, dentro do Projeto Stereoteca. O talento do jovem mineiro vem sendo reconhecido em várias frentes desde então. Em 2009, depois de ficar entre 20 artistas pré-escolhidos do projeto Conexão Minas, ele foi um dos selecionados na primeira edição do Projeto Música Minas, na categoria Revelação. Cantou no Conexão Vivo 2010, convidado por Flávio Henrique. No mesmo ano participou do Inverno Cultural em São João del Rey e concorreu ao Prêmio Arpub com a música "Barata Tonta", além de projeto aprovado na lei para circulação, com apoio Conexão Vivo para 2011. Tocou no Parque Municipal com o craque Affonsinho e em Salvador com Flávio Renegado pelo Conexão Vivo em 2011, provando ser um artista promissor na música mineira. Foi convidado para compor o grupo Orquestra Cabaré, que reúne artistas de destaque e grandes músicos, com apresentações no Festival de Inverno em Ouro Preto e em Belo Horizonte.

Hoje estabelece parceria com inúmeros compositores da nova safra, entre eles o amigo Pedro Morais. Adentra, pouco a pouco, no mercado fonográfico nacional, surpreendendo pelo genuíno som de qualidade. Aposta nas casas de Belo Horizonte, com repertório tanto autoral quanto de covers brasileiras em versão samba funk, em casas de São Paulo e Rio de Janeiro e também nos editais, invernos culturais e leis de incentivo; "o som não pode parar", ele diz.

Lucas Avelar

O cantor, compositor e violonista Lucas Avelar tem 27 anos, é formado em publicidade e propaganda e já trabalhou com direção musical na área do teatro. Com fortes relações na área literária, teve seu primeiro contato com instrumentos musicais aos 14 anos. Suas influências começam no rock britânico (Beatles e Led Zeppelin), passam pela Black music (James Brown, Stevie Wonder, Michael Jackson, Tim Maia, Jorge Ben e outros) e deságuam na MPB de Chico Buarque, Caetano, Lenine e Luiz Melodia, nas músicas regionais e no samba de Cartola e Batatinha. E é desta busca por uma nova forma de expressão que veio a vontade de costurar um "diálogo musical brasileiro". O resultado está no primeiro cd, que vai do legítimo rock & roll ao samba de quintal.

Compositor profícuo, com dezenas de canções inéditas, Lucas tem incursões freqüentes por outros territórios e linguagens, como a literatura (na gaveta, um livro de contos não lançado) e o teatro (atuou na peça "O último vôo do flamingo"). Na área musical, desenvolve ainda, ao lado do amigo percussionista Dudu Sanábio, o projeto "Tutumumbuca" ? releituras de clássicos brasileiros em samba-rock.

O Bicho Que Mora Na Gente

Primeiro disco do compositor, "O Bicho que Mora na Gente" é inspirado no samba-tudo (pop/rock/choro) e traz participações de Chico Amaral, Marku Ribas e outras feras; Flávio Henrique é quem assina a produção musical e arranjos.

É samba? É pop? É choro? É sim, tudo isso ? e muito mais. Ou, simplesmente, boa música. Pra ouvir no escuro da sala ou balançar o esqueleto, não importa. Esta é mais uma surpresa da cena musical mineira. Celeiro de compositores e instrumentistas de primeira linha, Minas tem uma novíssima geração rompendo a fronteira do anonimato para ganhar as graças do público e do mercado ? como mostra o estreante Lucas Avelar. Sem vínculos restritos a um gênero específico, o que esta turma tem mostrado é um incrível talento para a diversidade.

Música pop com pitadas de samba e MPB em doses equilibradas de bom gosto, com arranjos simples e harmonias originais, são características do trabalho desse jovem compositor.

O CD de Lucas Avelar é uma grata surpresa para os amantes da boa música, especialmente pelo ecletismo e originalidade do resultado final. Com estilo forte e ótimas letras, que mesclam profundidade, poesia e bom humor, Lucas Avelar reveste de aparente simplicidade um conjunto de canções que, bebendo em várias fontes de inspiração, se realiza de forma única e poderosa. São harmonias que grudam nos ouvidos e apontam para um compositor de voz própria, que esbanja personalidade logo na estréia. "Eu tento priorizar uma música simples e diferente. Um pop brazuca de suingue MPB, feito com bom humor e até um pouco de ironia", explica. "O artista que não se diverte, não diverte o outro", brinca.

Para garantir a qualidade e a diversidade musical do seu primeiro trabalho, Lucas se cercou de um grupo especial de músicos de Belo Horizonte. Com produção e arranjos de Flávio Henrique, "O Bicho que mora na gente" tem a luxuosa participação de Chico Amaral, Armando Marçal, Lincoln Cheib, Reginaldo Silva, Adriano Campagnani, Neném, Ricardo Fiúza, Kiko Mitre, André Queiróz "Limão" e Warley Henrique.

Os arranjos de sopros e metais de duas músicas estão a cargo de Renato Goulart; Marku Ribas faz participação especial em "A Rosa" e Flávio Henrique co-assina a faixa "Faz de Conta". Já os intérpretes convidados, Pedro Morais e Mariana Nunes, destaques da nova geração, dividem com Lucas os vocais nas faixas "Feijão com Arroz" e "Amanhã" ? consideradas "imperdíveis" pelo produtor, que destaca ainda o "timbre incomum" da voz do artista.

Playlists relacionadas

Contrate

Lucas Avelar

(31) 9302 - 5504 | (31) 3222 - 3242http://www.lucasavelar.com
Home