Lu Oliveira

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays14.920plays

Comunidade

Ouvintes e outros 87 ouvintes
Fã-clubeLafaiete Júnior e outros 1 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

"Uma grande surpresa no atual cenário musical brasileiro", disse Roberto Menescal a respeito do primeiro disco de Lu Oliveira, "Sou Eu", lançado de forma independente em meados de 2013. Mas para chegar até aqui a cantora trilhou um longo caminho, atuando em diferentes áreas, até receber o chamado definitivo da música e finalmente abraçar seu amor ao canto e aos palcos.

A carioca (de coração), leonina, vascaína e portelense Lu Oliveira nasceu no dia 12 de agosto de 1980, em Niterói, mas que desde bebê vive no seu querido e amado Rio de Janeiro.

Suas primeiras lembranças musicais vêm dos fados portugueses cantados por seus avós e tios nos animados almoços de família. Já a influência brasileira veio, principalmente, dos discos de Elis Regina tocados diariamente na vitrola de sua mãe. Discos que a arrebataram de tal forma que o canto foi, desde criança, sua grande paixão.

Mesmo respeitando a influência lusitana, foi a música brasileira que ocupou seu coração e seu “walkman”, que tocava do pop à bossa-nova e ao samba. Um violão de presente aos 15, um coral aos 16, uma banda de música sacra aos 17.

E veio a comunicação na PUC, o estágio em agência de propaganda, a contratação como redatora de publicidade e, depois, como assessora de comunicação numa grande empresa. A música permanecia presente em sua vida através de aulas de canto e canjas na Lapa, incentivadas pela professora e cantora Simone Lial.

Àquela altura, o canto não era apenas uma paixão; era um desejo latente, uma necessidade vital. Enquanto tomava coragem de largar tudo para perseguir seu sonho, Lu Oliveira investiu em novas aulas de canto com a professora e cantora Cecília Spyer, aulas de violão e harmonia com Felipe Eyer e sessões de fono com Ângela de Castro.

Mais preparada e segura, o inevitável finalmente aconteceu: depois de quase 30 anos “desviando” de sua verdadeira vocação, Lu Oliveira larga suas funções de publicitária para se dedicar inteiramente ao canto e aos palcos. Estreia no final de 2010 com o show “ABDC do Samba”, interpretando canções de Ary Barroso e Dorival Caymmi, com direção musical e arranjos de Arthur Verocai.

Um belo começo que lhe rendeu novos convites profissionais, com destaque para a participação no projeto Tributos de Agosto, no teatro Café Pequeno, onde fez um show em homenagem à Ary Barroso, novamente com arranjos de Verocai. Fez apresentações em algumas casas cariocas como RioScenarium, Semente, Teatro Café Pequeno, entre outras.

Sentindo firmeza para realizar um trabalho consistente, que respeitasse seus anseios e seus desejos musicais, Lu Oliveira decide gravar seu primeiro CD e convida o cantor e compositor Zé Renato para produzí-lo. Gravado de forma independente no estúdio da Biscoito Fino, o disco contou com 5 arranjadores de primeiro escalão: Cristovão Bastos, Arthur Verocai, Leandro Braga, João Carlos Coutinho e Jaques Morelenbaum.

"Sou Eu" foi lançado oficialmente no Solar de Botafogo, num show emocionante para uma plateia lotada de amigos e fãs. Lu continua fazendo shows do "Sou Eu" em diferentes casas do Rio, e já se prepara para apresentar este primeiro trabalho em outras cidades do Brasil e, futuramente, do exterior.

Mas isso é apenas o começo. Para uma cantora que esperou tanto tempo pelos palcos, o show, definitivamente, não pode parar.

Playlists relacionadas

Contrate

Memeca Moschkovich

(21) 2179 - 6948 | (21) 98289 - 5370http://www.luoliveiraoficial.com.br/