Marcelio Ferreira

EstiloJazz
Cidade/EstadoDuque de Caxias / RJ
Plays218plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesBonde Sem Freio e outros 1 ouvintes
Fã-clubeJader Frauches e outros 3 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Guitarrista, violonista, compositor, arranjador e produtor musical Marcelinho Ferreira nasceu em 1963, na santa e bela São Sebastião Rio de Janeiro. Aos oito anos começou a tocar flauta doce e já aos 14 anos, apaixonado por MPB, principalmente Bossa Nova, abraçou o violão e começou a compor.
Embalado pelos mestres Baden Powell, Sebastião Tapajós e Egberto Gismonti, aos quais ouvia incansavelmente, decidiu estudar teoria musical e mergulhou nos estudos do violão clássico.
Graças a um amigo de infância que lhe presenteou com um disco do pianista de jazz Art Tatum, descobriu a guitarra limpa, harmoniosa e melódica de Barney kessel, desde então adotou a guitarra e o jazz como instrumentos de trabalho e começou a beber na fonte das grandes feras da música mundial: Joe Pass, Wes Montgomery, George Benson, Pat Metheny, Fareed Haque, Hélio Delmiro, Heraldo do Monte, Ricardo Silveira, Romero Lubambo e muitos outros.
Estudou improvisação e harmonia funcional com o guitarrista Ary Piazzarollo.
Começou sua vida profissional aos 17 anos tocando em bailes. Acompanhou, no decorrer da carreira, vários artistas da MPB e também ministrou aulas de guitarra, harmonia e improvisação no CBM (Conservatório Brasileiro de Música).
Morou nos Estados Unidos por dois anos, onde tocou e trocou experiências com artistas locais. Voltando para o Brasil fez trabalhos comerciais para TV e cinema, compondo jingles e trilhas para várias empresas, entre elas AlphaVille, Bicho Comeu e Petrobras. No caso específico da Petrobras, foi agraciado com o Prêmio ABERJ 2006 (Institucional Petrobras-Trilha Sonora)
Participou da banda Clave de Soul como guitarrista, época em que atuou nos palcos e gravou com Gerson King Combo, Sandra de Sá, Jorge Ben Jor, Seu Jorge, Paula Lima, Serjão Loroza, Carlos Dafé entre outros, participando inclusive da gravação do CD da banda intitulado “Dançar é Bom”.
Convidado para produzir e tocar na banda Movimento na Rua montou o show “Periferia de Jah”, que levou a banda MNR para turnês na Holanda, Bélgica, Canadá, África do Sul e no Brasil.
Atualmente Marcelinho continua trabalhando em trilhas para cinema e TV - seu último trabalho no cinema foi a trilha do curta-metragem “Rua Santo Amaro” da produtora de cinema MP2 – e na divulgação de seu Álbum “Performance”, produzido em 2008, em que atua com o Marcelinho Ferreira Trio - (guitarra, baixo e bateria).

Playlists relacionadas

Home