Imagem de capa de Marcus Zalves
Marcus Zalves

Marcus Zalves

Cidade/EstadoSorocaba / SP
Plays31.868plays
Capa do disco
Capa do disco
LabutaLançamento: 20214 músicas
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesIneismarquesbom2018 e outros 1.625 ouvintes
Ineismarquesbom2018Ineismarquesbom2018Ineismarquesbom2018Ineismarquesbom2018Ineismarquesbom2018
Fã-clubeRamoncardoso2101 e outros 90 fãs
Ramoncardoso2101Ramoncardoso2101Ramoncardoso2101Ramoncardoso2101Ramoncardoso2101

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Release

Marcus Zalves lançou na segunda-feira (3 de maio) seu terceiro trabalho de estúdio, o EP “Labuta”. O registro, que tem como principal temática a luta contra o racismo, conta com quatro faixas e foi produzido por Kodux. Nesse novo EP, o produtivo artista sorocabano (antes Marcus Alves) passa a assinar seu sobrenome com Z, uma forma de facilitar as buscas pelo seu trabalho na web.

Com conceito afro-punk e afrofuturista, Labuta é o trabalho mais consistente e maduro de Marcus Zalves, conhecido por fundir diversos estilos ao hip hop. Entre as referências nesse novo registro estão nomes como Racionais MCs, Criolo, Ed Motta e até Daft Punk. As letras, todas escritas pelo próprio músico, mostram-se ainda mais críticas em relação aos dois registros anteriores, Cores e Corres (2019) e Queda Pra Cima (2020).

“Esse trabalho foi criado durante o começo da pandemia. Ele é um recorte social de como nós estamos colocados à margem da sociedade brasileira. Tem como pautas principais a estrutura precária da família brasileira, a corrupção, a censura, o racismo estrutural e o genocídio contra a população preta”, relata Marcus Zalves.

Outra diferença notória em Labuta é a influência de Kodux na sonoridade mais preenchida e moderna. O artista é conhecido por compor músicas para jogos de videogame e trilhas de filmes variados. Marcus Zalves prepara ainda o lançamento do primeiro clipe do EP, “32 de janeiro”, para o dia 13 de maio. Além do single, o registro conta com as faixas “Órbita”, “Geografia” e “Marquise”, essa última com participação de Augusto Martins.

Playlists relacionadas