Mary Nadine

EstiloMPB
Cidade/EstadoCampo Grande / MS
Plays2.996plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesCouro de Gata e outros 2 ouvintes
Fã-clubeForro dos Kapas e outros 15 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

RELEASE

A cantora Mary Nadine nasceu em Campo Grande ? MS, no dia 18 de Novembro de 1977. Começou cedo a se interessar pela música; mas foi aos 18 anos de idade no ano de 1996, quando fez parte como guitarrista da primeira formação de uma banda feminina de heavy metal, a banda Haze (na época Kreatures Dark) que adentrou na carreira musical. Com professores adquiriu conhecimentos a fim de formar a própria personalidade como musicista, buscando em grandes nomes da MPB e do cenário musical em geral a intimidade necessária para com a música.
Após permanecer por três anos na banda, se apresentando em bares e locais como o antigo Stones Blues Bar, Rock Show, espaço da UCE, entre outros, chegando também a participar no ano de 1998 do 8º Festival Universitário da Canção da UFMS com a música ?An Angel?, a artista deixa a banda passando a se apresentar sozinha no período referente aos anos de 1999 a 2000, com um repertório baseado quase que exclusivamente nas músicas da cantora Canadense Alanis Morissette. Com isso, faz apresentações em shows com a banda Tabacos R.I.P, Loa Loa, entre outras, apresentando-se também em bares como o antigo Rarus Bar, fazendo free-lance.
No ano de 2001, decide abandonar a carreira musical e se dedicar exclusivamente à Educação Física, sua profissão por formação; mas isso não dura muito tempo, visto que sua paixão pela música acaba por falar mais alto. Logo, ao final do ano de 2002 faz um teste para ingressar no Projeto Musicalizando (atual Música MS), projeto este criado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, passando a fazer parte do mesmo no ano de 2003 como aluna e parte integrante da Orquestra de Violões formada pelos próprios alunos.
Dentro do projeto, conhece Juliano Brito (ex aluno e atual professor) e outros alunos e professores, que se unem formando assim a Banda Toma Rock. Após algum tempo dentro do projeto e já com novos integrantes, a banda passa a se chamar CODA (Poetas do Serrado) que na verdade nada mais era do que uma fusão da antiga Toma Rock com o grupo Poetas do Cerrado. No mesmo ano, já com a nova banda e fazendo parte da orquestra de violões, passa a viajar por diversas cidades do interior do Estado como Porto Murtinho, Cassilândia, Corumbá, Bela Vista, São Gabriel d?oeste, Camapuã, entre outras, se apresentando como violonista e ainda como cantora de música popular, tendo a banda a oportunidade de estar mostrando seu trabalho em algumas ocasiões e na companhia de músicos já consagrados no cenário musical local como Marcelo Armôa, Bola, Guga Borba, Guilherme Cruz, Zé Fiúza, Jerry Espíndola entre outros.
Em 2005, sua banda CODA ? Poetas do Cerrado participa do Festival América do Sul representando a cidade de Corumbá por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura da mesma e no mesmo ano a banda apresenta-se no 6º Festival de Inverno de Bonito junto ao projeto Musicalizando. Participam também do 13º Festival Universitário da Canção da UFMS com a música ?Amor e Fé? cuja autora é a própria Marizete que no início do ano de 2006 se desliga do projeto, devido à sua formatura no mesmo.
Em 2006 participa também, como convidada da 1º Conferência Estadual da Cultura de MS e no Festival Internacional de Porto Murtinho. Neste mesmo ano é convidada a fazer parte do Grupo de Jurados do Carnaval dos Imortais na categoria harmonia e a partir daí volta a se apresentar, já sem a banda e na companhia de Juliano Brito em festas particulares, passando também a tocar fixo e fazer free-lance de percussão e voz/violão em bares como Zen Bilhar, Taboa (Bonito), Snooker Bar (São Gabriel d?oeste), Bar Fly, Cheiro Verde e Água Doce Cachaçaria ara músicos como Nágilla Borges, Marina Dalla e outros até meados de 2007 e neste mesmo ano participa novamente do Festival de Inverno de Bonito com a banda Casa de Sapé.
Atualmente segue carreira solo como cantora/compositora free-lance e também integra a banda Black Joker, além de estar trabalhando em dois outros projetos, um de música eletrônica e outro de samba, tendo se apresentado no Sis Lounge e 21 Bar e Lazer. Participou também do Festival Canta Bem Mulher, evento este realizado no Sis Lounge Bar no dia 1º de Julho de 2009.

Playlists relacionadas

Contrate

Home