Mombaça

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays70.735plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesRoselves Alves e outros 301 ouvintes
Fã-clubeSelma Elias dos Santos e outros 9 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Da vida na zona oeste carioca e da faculdade de História no início da década de 80 Mombaça traz a consciência social. Da vivência como músico de noite ganha o tom romântico. As temáticas navegam entre os dois assuntos que se esbarram. Mombaça canta por um mundo melhor na política “Mandelas”, mas segue romântico em “Entre nós” que - irresistível - cita Abdias do Nascimento, fundador de um importante movimento negro.

A bandeira negra também é levantada na ótima “Na serra da nossa barriga”, em que aproveita para homenagear um timaço de colegas que inclui desde Paulinho da Viola até Seu Jorge: "Todo mundo aí", garante. Em “Reparação” Mombaça fala sobre as desigualdades: "Os filhos da mãe África exigem reparação". "Por debaixo da pele somos todos iguais".

A música de Mombaça tem um balanço próprio, muito calcado em violão e rico em percussão. Entre o samba e a black music, tem pitadas de reggae, ecos latinos e outras bossas mais. Mombaça tem uma química especial cheia de suingue. Essa mistura já o levou a cantar em lugares como Austrália, África do Sul, Estados Unidos, Botswana, Quênia, Itália, França, Holanda, Bélgica, Togo. No Brasil a parceria com Gilberto Gil e Ana Carolina, “Torpedo”, gravada pela cantora, e ainda “Ta rindo é?” Onde Ana Carolina e Seu Jorge fazem um ótimo dueto além das parcerias consagradas com Mart’nália como “Chega”, “Pretinhosidade”, “Tava por ai” e “Tomara”; “Baile no asfalto” com Sandra de Sá; “Ingrata” com Toninho Geraes e as inéditas “Mangangá”com Gabriel Moura e parceiros e “Sai de Dentro de mim” com a italiana Chiara Chivello.

Além dos sucessos e parceiros, Mombaça, compositor e cantor de personalidade e talento tem um trabalho que se sustenta com fôlego próprio.

Playlists relacionadas

Home