Move Over

Move Over

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoBauru / SP
Plays396.622plays

Comunidade

Ouvintesfelipe roberto e outros 340 ouvintes
felipe robertofelipe robertofelipe robertofelipe robertofelipe roberto
Fã-clubeMila Peres e outros 144 fãs
Mila PeresMila PeresMila PeresMila PeresMila Peres

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de Adriane SantanaAdriane SantanaVoz
Imagem de LeandrinhoLeandrinhoVoz, Bateria
Imagem de Arley WoodArley WoodBaixo
Ver mais integrantes

Release

MOVE OVER – “Ir Além”

por Ana Alice Gallo


Viver o rock and roll é acreditar que nada morre na superfície – caso contrário, não existiria o mosh, certo? E a banda Move Over convida você a “Ir Além” logo de cara, em seu álbum de estréia. Por experiência própria: “A idéia inicial era só tirar um som e uma grana”, comenta Adriane Santana (vocal). Até que ela, Leandro Tenório (bateria e vocal), Renato Bianchini (guitarra) e Rafael Gomes (baixo) descobriram que os sons não cabiam mais em suas mentes e se espremeram em estúdios para fazer um coquetel pra lá de energético.

Formada em Bauru (SP) há dois anos e meio, a Move Over começou ralando pelos bares da região com repertório de covers até que conquistou o segundo lugar do 96 Fest Rock com uma canção de sua autoria, “Virando o Jogo”, em 2004. Foi um golaço: como prêmio, a música foi veiculada na rádio 96FM de Bauru, organizadora do festival, e logo conquistou os ouvintes e não saía das paradas. “Na época, a gente não tinha muita noção do que era isso”, lembra Leandro. Mas não demorou para eles apostarem de vez em suas idéias e lançarem “Ir Além”, pelo selo Engenho, de Jaú (SP), no ano passado.

O trabalho foi gravado e mixado em São Paulo (onde os quatro integrantes dividiram um “apertamento” por 17 dias) e contou com a produção de Jr. Lanne (Mamonas Assassinas). “Inacreditável você”, outra candidata a hit que dividiu com “Virando o Jogo” a primeira demo do grupo, mostra bem a cara do som dessa galera: pinceladas de guitarras inspiradas em Evanescence e um vocal que não deixa essa impressão ir embora.

A irreverência e energia de Avril Lavigne não ficou de fora, inclusive nas letras. Elas relatam relacionamentos e experiências, mas saltando longe dos bueiros do lugar-comum. Como em “Outro mundo”: ao invés de jogar em nossa cara o caos a que estamos cansados de assistir, Adriane e Leandro preferem mostrar como tudo poderia ser diferente. Mas há açúcar na medida para quem não resiste a um bom pop em “Passando a Limpo”, “Tanto Faz” e “Simples Assim”. O resultado é um álbum “pop new rock”: o pop da Avril, o sussurro do new metal de Evanescence e o rock, porque no fim é o que importa.

O guitarrista Bruno Lucon chegou para completar o time e colocar nos shows a energia das guitarras do álbum. A intenção inicial da Move Over era contratar um músico, mas Bruno foi além. “Ele vestiu a camisa, fez muito por nós, virou da banda”, explica Rafael. E para que você não precise ir até os sites Palco MP3, Canções.com, Rádio Mundo Rock ou Cifraclub para conferir algo mais, é melhor esticar logo o dedo e apertar o play. Sem esquecer, é claro, da faixa interativa do álbum – ou você pensou que já tinha chegado ao limite?


Site: http://www.moveover.com.br

Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=417248

Contato: (14) 3238-1404 / 9711-7285 / 9777-2380

Playlists relacionadas

Contrate

Move Over

(14) 9711 - 7285https://www.palcomp3.com.br/moveover/