Nuria Mallena

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays149.903plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesRoselves Alves e outros 443 ouvintes
Fã-clubeCarlos Alberto Figueredo Carlinhos e outros 105 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Nuria Malenna
É como se uma lufada de ar fresco partisse do sertão pernambucano e cruzasse o país até chegar à beira-mar. E uma vez instalada no balneário cosmopolita que é o Rio de Janeiro se sentisse pronta para fazer o caminho de volta e ganhar o país novamente. Dona de um registro que mescla suavidade e potência, além de crueza e sofisticação em boa medida, Nuria Mallena carrega no corpo o despojamento da infância pé no chão saboreada na pequena Ouricuri, e na voz a combinação de uma mente conectada ao que de melhor a música popular brasileira produziu nas últimas décadas.
Tudo começou bem cedo. Aos 10 anos ela já deslizava os dedos pelo violão ao lado da irmã, tirando de ouvido o que a mãe riscava na vitrola. Foi com o sentimento de liberdade batucando no peito que aos 15 anos ela pousou em Recife. Na capital, repensou a vida e a carreira, antes de largar definitivamente as faculdades de relações públicas e direito para tomar as rédeas da música. Apontou a seta para o Sudeste, de mochila e violão nas costas. Desde 2005 radicada no Rio, Nuria agora dá forma ao seu primeiro álbum solo “nu”, um apanhado do que melhor ela produziu nos últimos anos, e que apenas alguns sortudos puderam conferir em suas muitas elogiadas apresentações pela noite carioca.
No disco, com previsão de lançamento para maio de 2012, Nuria ilumina as referências que a marcaram, mas deixa claro que tem firmeza e talento de sobra para recriar ao seu modo suas principais influências. Ao longo das onze faixas autorais o que se ouve é uma cantora segura e uma autora de facetas diversas, que emoldura baladas com tintas de rock, reggaes com acento pop, forrós azeitados com maracatu e uma infinidade de outras combinações. E, mesmo quando o disco ainda estava no forno, Nuria Mallena conseguiu emplacar a canção “Quando assim” na trilha da novela “Cordel encantado” como tema do casal Rei Augusto e Maria Cesária.

Gravado no estúdio “Toca do Bandido”, no Rio de Janeiro, o cd foi produzido por Álvaro Alencar e Bernardo Fonseca e conta com participações de músicos como Arthur Verocai, Christiaan Oyens, Bernardo Bosisio e muitos outros. Nos shows que ela faz pelo Brasil, sobem ao palco Christiaan Oyens (violão, guitarra e weissenborn), Mauricio Oliveira (baixo), Cássio Cunha (bateria) e Chico Chagas (acordeon e violão).
“O que me instiga é falar das relações humanas. E ao mesmo tempo que falo da rotina, do que acontece no dia a dia e na minha vida, sei que é importante poder me comunicar com qualquer um. Falo da estrada, da saudade que sentimos por estarmos sempre viajando, enfim, a música brota do que eu vivo. E é por isso que acho que o disco tem a minha cara, uma coisa bem misturada, como toda comida bem temperada”

Playlists relacionadas

Contrate

Claudio do Valle (caco)

(37) 9197 - 4396 | (37) 8834 - 9747http://www.mc3eventos.xpg.com.br
Home