N'ZAMBI

EstiloReggae
Cidade/EstadoRecife / PE
Plays749.630plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

Ouvintesana caroline e outros 701 ouvintes
Fã-clubeMiriane de Jah e outros 226 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário
Imagem de George de SouzaGeorge de SouzaVoz, Guitarra Base
Imagem de Gustavo Souto Maior Gustavo Souto Maior Escaleta, Teclado, Guitarra Solo
Imagem de Paulo BatistaPaulo BatistaBateria
Ver mais integrantes

Release

Com 12 (doze) anos de existência a banda N’zambi se firma no cenário nacional e trabalha discos sob produzidos por André Sampaio(2008) e Buguinha Dub(2014).
A N’ZAMBI surgiu em 2003 no Recife, às margens do rio Capibaribe, beirando o que nos resta da Mata Atlântica, especificamente no bairro da Várzea, ambiente fértil para a cultura popular e resistência social. Formada por Diego Ilarrás (baixo e voz), George Souza (voz e guitarra), Gustavo Souto Maior/ Seu Bola (guitarra, teclados), Mauro Delê (percussão e voz), Paulo Ricardo/ Baba (bateria e voz), e com um trio de metais composto por Deco do Trombone, Marcinho Racional (Trompete), e Marquinhos Ralph (Sax) a banda se destaca na cena nacional fazendo um reggae com identidade, bebendo nos diversos gêneros musicais de matriz africana, com referências no Ska, Ragga, Dub, Rap, Blues e Jazz. Trazendo mensagens ligadas à temática de combate ao racismo e de justiça social.
Premiados na categoria de melhor cd reggae de 2010 com o seu primeiro álbum “KAYA, MAS SE ORIENTE!”, que contou com a produção de André Sampaio (Guitarrista da Ponto de Equilíbrio) e as participações de: Thiago Caetano (tecladista da Ponto de Equilíbrio), o cabo-verdiano Tchida (Alcides Lopes), João Zarai e a cantora Carla D’Anunciação, a N’zambi já se apresentou em palcos no Rio de Janeiro-RJ(Bienal da UNE/2011), Florianópolis-SC(Circuito Floripa Reggae Brasil/2005), Nova Hamburgo-RS(Fórum Social Mundial/2010), Brasília-DF(Festival Reggae Raízes II/2009), Fernando de Noronha-PE(Temporada 2011), Fortaleza-CE(Tour Fortaleza/CE 2007: Festival Ponto CE – Centro Cultural Dragão do Mar, Espaço Ilha da Magia e Praçaí Praia); Além de cidades como: Maceió-AL, Aracaju-SE, João Pessoa-PB, Natal-RN e de grande parte de Pernambuco compondo a grade de diversos festivais como: FIG, Tipóia Festival, Lula Calixto, CENA BR, Pré no Reggae, Recife Sunsplash, Domingo no Campus, Tabira Rock, Esporte do Mangue, entre outros.
Em 2014 lançou o PRA VERDADE ESTREMECER, seu novo trabalho, sob a produção de Buguinha, contando com as participações de Isaar França, Samuel Zulu e Maria Clara Ferreira, que questiona o que a sociedade hoje traz como verdades absolutas, ao mesmo tempo em que valores culturais fortes de influência afro-indígenas são atacados e deixados de lado. Apesar de ser um cd que tem muito de crítica social, ele traz principalmente o groove e o peso do reggae roots, da raiz de nossa ancestralidade.
N’zambi significa Deus no dialeto kimbundu dos povos Bantus de Angola, e segundo o bispo da Pastoral do Negro, Dom José Maria Pires, é Deus como ser “que diz e faz”. Para os integrantes da banda havia um nome de bastante energia e motivação, pois além de ter um significado forte e presente nas nossas vidas, se utilizava o vocabulário de um povo bastante presente na identidade brasileira e pernambucana.

Playlists relacionadas

Contrate

Produção N'zambi

(81) 9854 - 5419 | (81) 8710 - 2705http://www.youtube.com/user/ReggaePE